Diversos são os fatores que levam pessoas com espírito empreendedor a apostar em determinado negócio fora de seu lugar de origem. Cada um com suas especificidades, empresários que nasceram no Ceará tem se destacado em outros estados, mesmo com o aumento da concorrência nos segmentos em que atuam e diante das mudanças cada vez mais rápidas no comportamento do consumidor.

Fora de seu estado ou país, desbravar outros mercados sempre traz grandes desafios, sejam eles culturais ou ligados à legislação, e requer pensamento estratégico. Identificar o perfil e as peculiaridades da região por meio de uma pesquisa do mercado para avaliar a viabilidade do modelo de negócio é fundamental.

Marta Campelo, coordenadora do Programa de Internacionalização do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), explica que, no mundo globalizado, os produtos locais já concorrem com os de outros países mesmo sem ir para fora. Nesse contexto, há uma tendência de expansão ou adequação para as plataformas virtuais a fim de alcançar novos clientes e fidelizá-los. “Essas pequenas empresas precisam se preparar para que possam buscar novos canais”, diz.

Os cearenses Antônio Jhucy Silva, de 27 anos, Roberto Marinho, 53, e Antônio Caminha, 53, cujas histórias serão contadas nesta reportagem, apostaram em mercados fora do Estado e estão colhendo bons frutos. No entanto, apesar de terem desbravado novos territórios, nem sempre é preciso sair fisicamente de sua terra natal para fazer o negócio dar certo.

O economista Sérgio Melo afirma que o Ceará tem condições geográficas favoráveis para diferentes atividades, principalmente no atual momento econômico do Estado, com a chamada trinca de hubs (centro de conexões): aéreo, tecnológico e portuário. Equipamentos que, do ponto de vista dos negócios, vêm quebrando barreiras geográficas, haja vista a parceria recente entre os portos do Pecém e Roterdã.

“Do ponto de vista tributário, Norte e Nordeste também têm excelentes condições comparativas com outros. Há, ainda vantagens de financiamento com o Banco do Nordeste (BNB)”, observa o economista. Para ele, a migração comercial se justifica quando o empresário encontra mais facilidades em outros locais e melhor logística.

Marcus Quintella, professor dos MBAs da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e coordenador do MBA Empreendedorismo e Desenvolvimento de Novos Negócio, destaca a força do empreendedorismo local, mas alerta que esse é um posicionamento que não permite aventuras. O empreendedor precisa ter consciência de onde quer chegar.

“O cearense é bastante conhecido, no sentido de ser desbravador, está sempre em busca. Mas muitos empreendedores, no geral, saem sem noção do que vão encontrar”, reforça, chamando atenção para a importância de um bom planejamento. Ele pondera que, apesar de obter avanços, o Ceará não foge do contexto macroeconômico brasileiro, que ainda é marcado por um ambiente difícil em termos de abertura de empresa, em razão da burocracia, além da alta carga tributária e da dificuldade de acesso ao capital.

“O empreendedorismo virou um modismo incrível, e todo mundo acha que pode ser empreendedor. Só que esquece que, depois do empreendedor, torna-se empresário. E isso é outra história. Tem que gerenciar o negócio, fazer prosperar, crescer e perpetuar a empresa. E isso é o que não acontece na maioria dos negócios”, reforça.

Receba as “Notícias De Indaiatuba’ no Seu WhatsApp Os leitores que solicitarem o serviço gratuito irão receber, direto nos seus aplicativos, as principais notícias do dia. Estar sempre conectado aos aplicativos de mensagens instantâneas, como o WhatsApp, não significa estar desinformado. Com o Notícias de Indaiatuba, você pode receber diariamente as principais notícias do dia no seu celular. Para participar, basta adicionar nos seus contatos o número (19) 98122-4163 e enviar uma mensagem pelo WhatsApp, enviando a palavra “Notícias de Indaiatuba” (quem já é adepto do serviço continuará recebendo as notícias pelo número divulgado anteriormente). O esquema de envio será via lista de transmissão. Isso significa que os leitores que optarem por receber o conteúdo só serão notificados pelo Notícias de Indaiatuba, que administra o grupo.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Entretenimento
Comentários estão fechados.

Leia também

3 pratos para aquecer o inverno

Pensando nos dias frios dessa época do ano, separamos, junto com a KitchenAid, opções de p…