Quer receber as principais Notícias de Indaiatuba e região pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.
Piloto de Indaiatuba tem prisão decretada em operação contra tráfico de drogas

Piloto de Indaiatuba tem prisão decretada em operação contra tráfico de drogas

O piloto de aeronaves de Indaiatuba (SP), que é um dos alvos de mandados de prisão na Operação Flak da Polícia Federal contra o tráfico internacional de drogas, não foi encontrado pelos policiais na manhã desta quinta-feira (21) na residência onde mora.

Os policiais cumpriram apenas o mandado de busca e apreensão na casa de Eduardo André Melo, segundo a assessoria de imprensa da PF em São Paulo.

A Justiça do Tocantins, que expediu o mandado de prisão, informou, por meio de assessoria de imprensa, que ele é considerado foragido.

João Soares, apontado como chefe de quadrilha de tráfico internacional de drogas, é preso em Tucumã, no Pará, durante a Operação Flak — Foto: Wesley CostaJoão Soares, apontado como chefe de quadrilha de tráfico internacional de drogas, é preso em Tucumã, no Pará, durante a Operação Flak — Foto: Wesley Costa

João Soares, apontado como chefe de quadrilha de tráfico internacional de drogas, é preso em Tucumã, no Pará, durante a Operação Flak — Foto: Wesley Costa

Tráfico internacional

De acordo com as investigações, Melo faz parte de uma quadrilha especializada em transportar drogas da Colômbia e da Venezuela para o Brasil, Estados Unidos e Europa.

O grupo teria transportado ao menos nove toneladas de cocaína entre os anos de 2017 e 2018, em 23 voos que carregavam 400 quilos do entorpecente, em média, cada um.

Números da operação

  • 26 prisões;
  • 18 mandados de busca cumpridos.

Segundo a PF, a rota de transporte de drogas por aeronaves passava por países produtores (Colômbia e Bolívia), além de intermediários como Venezuela, Honduras, Suriname e Guatemala.

O investigado, segundo a PF, era contratado pelos líderes da organização criminosa para pilotar os aviões modificados para levar mais entorpecentes e ter mais autonomia de voo.

Em 2017, uma aeronave foi apreendida na Guiana e dentro dela estavam os documentos deste piloto de Indaiatuba, e de outras pessoas, incluindo colombianos que estariam também envolvidos no tráfico.

PF realiza operação contra o tráfico internacional de drogas — Foto: DivulgaçãoPF realiza operação contra o tráfico internacional de drogas — Foto: Divulgação

PF realiza operação contra o tráfico internacional de drogas — Foto: Divulgação

O piloto de Indaiatuba chegou a dizer à Polícia do Tocantins que o avião havia sido furtado, e que ele estava pescando na hora, mas sem os documentos dele.

Para a PF, o piloto simulou o furto com objetivo de encobrir seu envolvimento com a quadrilha de tráfico internacional de drogas.

Os investigados devem responder por tráfico de drogas, organização criminosa, lavagem de dinheiro e atentado contra a segurança do transporte aéreo.

Receba as “Notícias De Indaiatuba’ no Seu WhatsApp Os leitores que solicitarem o serviço gratuito irão receber, direto nos seus aplicativos, as principais notícias do dia. Estar sempre conectado aos aplicativos de mensagens instantâneas, como o WhatsApp, não significa estar desinformado. Com o Notícias de Indaiatuba, você pode receber diariamente as principais notícias do dia no seu celular. Para participar, basta adicionar nos seus contatos o número (19) 98122-4163 e enviar uma mensagem pelo WhatsApp, enviando a palavra “Notícias de Indaiatuba” (quem já é adepto do serviço continuará recebendo as notícias pelo número divulgado anteriormente). O esquema de envio será via lista de transmissão. Isso significa que os leitores que optarem por receber o conteúdo só serão notificados pelo Notícias de Indaiatuba, que administra o grupo.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias
Comentários estão fechados.

Leia também

Vaga(s) de emprego para Docente – Curso Direito – v1893678

ATIVIDADES E RESPONSABILIDADES – Elaborar e cumprir o plano de trabalho segundo o Pl…