Quer receber as principais Notícias de Indaiatuba e região pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.

O Instituto Biológico de Campinas utiliza uma técnica inovadora, onde um agente de controle biológico (um fungo) atua no combate ao carrapato-estrela, transmissor da febre maculosa, cujo maior hospedeiro é a capivara.

A cidade de Salto passa a ser a primeira do estado de São Paulo, através de convênio firmado com o Instituto Biológico da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios da Secretaria de Agricultura do Estado de São Paulo, a atuar no manejo de carrapatos em áreas de parques, adjacências e locais de risco do município. O Termo de Cooperação foi assinado nesta segunda-feira (22), no Parque Rocha Moutonnée.

O Prefeito Geraldo Garcia, ao lado dos secretários de Meio Ambiente César Piva, da Saúde Flávio Vitale Filho, recebeu o Diretor Geral do Instituto, Antônio Batista Filho, para assinatura do termo de cooperação; que contou com a explanação sobre os trabalhos que serão realizados em Salto, feita pelo pesquisador Dr. Paulo Sampaio, por meio de painéis e material multimídia.

No cronograma de trabalho divulgado será possível a conclusão do mapeamento dos parques, a começar pelo Parque da Rocha Moutonnée e Parque do Lago; implementar as medidas de controle para aplicação imediata; capacitação de servidores municipais; palestras, entre outros.

Também estiveram presentes no evento: o Diretor do Centro Avançado de Pesquisa de Proteção de Plantas e Saúde Animal, Dr. Daniel Franco; do Diretor da Unidade de Referencia Laboratorial de Controle Biológico de Campinas Dr. José Eduardo Marcondes de Almeida; da Coordenadora do Projeto Drª Márcia Mendes e equipe do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Sanidade Animal; o Presidente da Câmara de Salto, Luiz Carlos Batista e os vereadores Clodoaldo Martins de Oliveira, Edemilson dos Santos, Lafaiete Pinheiro dos Santos e Márcio Conrado.

Os síndicos de condomínios e representantes de empresas que rodeiam áreas que apresentam população de carrapatos, a imprensa regional também estiveram presentes.

A cidade de Salto, devido à grande incidência de capivaras em várias localidades, já apresentou casos comprovados de febre maculosa, inclusive com mortes. Há muitos anos busca-se alternativas para tentar diminuir a proliferação do carrapato-estrela.

Empresa Saltense já testa o agente biológico: sem riscos à população humana nem ao Meio Ambiente

No mês de agosto, o Prefeito de Salto, Geraldo Garcia, junto com o secretário da Saúde, Flávio Vitale Filho, o secretário do Meio Ambiente, César Piva e o biólogo do Departamento de Zoonoses, Leandro Bernardes, estiveram no Instituto Biológico de Campinas para conhecer um estudo sobre controle da população de carrapatos.

A visita foi acompanhada também pelo diretor da Toyobo do Brasil, Minoru Takahashi, cuja empresa, localizada em Salto, já testa o agente biológico utilizado nesta técnica desenvolvida pelo Instituto.

Durante o encontro foram discutidos os resultados obtidos com a pesquisa realizada pelo Instituto em que um agente de controle biológico se torna eficaz para a diminuição da população de carrapato-estrela. “Este bloqueio orgânico, ele é eficaz para o controle desta população e pode ser mais uma ação de combate ao vetor da febre maculosa”, destacaram os pesquisadores.

O Prefeito apresentou otimismo com a nova descoberta, após vários anos em busca de alguma solução e agradeceu o empresário Minoro, da empresa Toyobo por informar sobre o novo estudo, e pelo agendamento da visita ao Instituto para conhecer os detalhes.

Fotos do evento:

Assinatura de Convênio (11)

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias
Comentários estão fechados.

Leia também

Batata doce caramelada

Foto: Sabina Fuhr Além de assada e cozida a batata doce também dica ótima caramelada, conf…