Facebook

Twitter

WhatsApp

Email

Leandro Torres

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) apontou 95 obras paradas ou atrasadas em toda a Região Metropolitana de Campinas. São R$ 328,4 milhões que estão em jogo e que a população já pagou por meio de impostos mas tudo continua como antes.

Os dados coletados referem-se até o dia 30 de setembro último. A Cidade de Campinas tem 14 obras que estão paradas e 3 que seguem andando a passos de tartaruga e estão atrasadas. Do total, 11 são de responsabilidade da Prefeitura e 6 do Governo do Estado.

Algumas das obras nessas condições são o Centro de Educação Infantil do Jardim Maria Rosa, que está parada, e a ampliação do posto de saúde do Jardim Capivari, que está atrasado.

Outra cidade da região que está com obras em condições precárias é Americana, que tem 16 paradas e 1 atrasada. Holambra tem 11 atrasadas e 1 parada. Monte Mor tem 7 atrasadas e 1 parada. Hortolândia tem apenas duas atrasadas. As cidades de Engenheiro Coelho, Indaiatuba, Jaguariúna e Pedreira estão com todas as obras em dia.

Da Redação ODC.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias
Comentários estão fechados.

Leia também

Polícia Militar prende suspeito de matar idoso baleado em tentativa de assalto em Indaiatuba

João Vitor Amorim, de 22 anos, foi preso suspeito de atirar e matar idoso em tentativa de …