A PF (Polícia Federal) deflagrou a operação Salvo Conduto na manhã desta quarta-feira (10), que apura lavagem de dinheiro envolvendo a Guiné Equatorial.

Na operação, a PF solicitou à Justiça Federal o sequestro do imóvel, dos bens e valores apreendidos no Aeroporto de Viracopos e de sete veículos de luxo — um deles avaliado em R$ 2 milhões.

Em setembro deste ano, o vice-presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang Mangue, estava na comitiva do país que teve bagagens apreendidas no aeroporto de Viracopos, em Campinas. Mangue já teve relações com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Com a comitiva foram encontrados US$ 1,4 milhão e 20 relógios cravejados de diamantes, avaliados em US$ 15 milhões. Em 2015, na época da operação, a PF avaliou mensagens telefônicas que apontavam também que Teodorín teria sido o responsável por patrocinar o carnaval da escola de samba Beija-Flor, oferecendo R$ 10 milhões da Guiné Equatorial.

Os integrantes do voo vindo de Malabo, capital da Guiné Equatorial, tentaram desembarcar sem passar pela inspeção aduaneira, alegando que as malas do vice-presidente eram resguardas pela Convenção de Viena, que impede a violação de bagagem diplomática. Após 4 horas de negociações, com a intermediação do Ministério das Relações Exteriores, a comitiva africana finalmente cedeu e entregou a chave das 19 malas para as autoridades brasileiras.

As investigações da 14ª fase da operação Lava Jato, deflagrada em junho de 2015, mostram relação de Lula com executivos da OAS e o suposto lobby do ex-presidente em favor das construtoras brasileiras em países da África e da América Latina. Entre elas, estariam empresas da Guiné Equatorial. O vice-presidente do país, Teodoro Obiang Mangue, é filho de Teodoro Obiang Nguema, presidente e ditador do país.

Segundo as investigações, Augusto Cesar Uzêda (Cesar Uzêda), ex-diretor superintendente da OAS Internacional, diz, em 29 de agosto de 2012, “estamos viabilizando o carnaval dele, Todorim que que [sic] ele faça o melhor carnaval da história do Ylê (acho que é briga no quilombo)”.

Em outra mensagem, em seguida, Uzêda complementa “estamos trabalhando para dividir o custo do carnaval dele com as empresas brasileiras que atuam na Guiné”.

Receba as “Notícias De Indaiatuba’ no Seu WhatsApp Os leitores que solicitarem o serviço gratuito irão receber, direto nos seus aplicativos, as principais notícias do dia. Estar sempre conectado aos aplicativos de mensagens instantâneas, como o WhatsApp, não significa estar desinformado. Com o Notícias de Indaiatuba, você pode receber diariamente as principais notícias do dia no seu celular. Para participar, basta adicionar nos seus contatos o número (19) 98122-4163 e enviar uma mensagem pelo WhatsApp, enviando a palavra “Notícias de Indaiatuba” (quem já é adepto do serviço continuará recebendo as notícias pelo número divulgado anteriormente). O esquema de envio será via lista de transmissão. Isso significa que os leitores que optarem por receber o conteúdo só serão notificados pelo Notícias de Indaiatuba, que administra o grupo.

Artigos relacionados
Carregar mais por redação
Carregar mais em Região
Comentários estão fechados.

Leia também

Secretaria de Esportes realiza balanço das atividades realizadas em 2018

Notícias Secretaria de Esportes realiza balanço das atividades realizadas em 2018 Publicaç…