Ataques a bancos com explosivos crescem 14% em São Paulo

Ataques a bancos com explosivos crescem 14% em São Paulo

O número de ataques a bancos e a caixas eletrônicos com explosivos no estado de São Paulo cresceu 14% entre janeiro e outubro deste ano na comparação com o mesmo período de 2017, segundo apontam dados exclusivos do Centro Integrado de Inteligência (CIISP), da Secretaria da Segurança Pública (SSP) obtidos pela GloboNews por meio da Lei de Acesso à Informação. Houve um salto de 77 para 88 casos no período.

Na madrugada desta segunda-feira, criminosos fortemente armados explodiram três bancos e uma agência de crédito em Campos do Jordão, na região do Vale do Paraíba, interior de São Paulo. Ninguém foi preso. Como o levantamento da SSP abrange somente até outubro, estes ataques não entraram ainda no balanço.

O aumento dos ataques neste ano interrompe a sequência de queda desse tipo de crime no estado ao longo dos últimos anos, como indicam os dados oficiais. Em 2015, quando o CIISP começou a tabular esse tipo de ataque, foram registradas 252 ocorrências entre janeiro e outubro. No mesmo período de 2016, houve 100 casos, o que representa uma queda de 60% em um ano (veja o detalhamento dos dados abaixo).

Ataques a bancos com explosivos em SP
Aumento de ocorrências interrompe sequência de quedas desde 2015.
Fonte: Secretaria da Segurança Pública/Lei de Acesso à Informação

Entre janeiro de 2015 e outubro de 2018, o CIISP registrou 593 ataques a bancos e a caixas eletrônicos no estado. A estatística abrange todo tipo de ataque a agências bancárias e a terminais de autoatendimento instalados fora dos bancos, em locais como supermercados, shoppings e postos de gasolina, por exemplo.

Em nota, a SSP afirma que as ações desenvolvidas para coibir ataques a caixas eletrônicos “resultaram na redução de cinco casos nesta modalidade de crime em todo o estado, em novembro deste ano, em comparação ao mesmo mês de 2017”. “A queda chega a 89,3% quando comparados os 11 meses deste ano com o mesmo período de 2013, quando foram 866 ocorrências”, disse.

A pasta acrescenta que a SSP “liderou a discussão sobre o combate a este tipo de crime”. “Dentre as medidas, há a decisão do Exército de obrigar as empresas a terem escolta privada para evitar o extravio de dinamite e o mapeamento georreferenciado dos caixas eletrônicos.”

Sobre os ataques em Campos do Jordão, a SSP diz que o 1º Distrito Policial da cidade “trabalha para identificar os autores dos ataques”, e que o Deic apoia as investigações.

Receba as “Notícias De Indaiatuba’ no Seu WhatsApp Os leitores que solicitarem o serviço gratuito irão receber, direto nos seus aplicativos, as principais notícias do dia. Estar sempre conectado aos aplicativos de mensagens instantâneas, como o WhatsApp, não significa estar desinformado. Com o Notícias de Indaiatuba, você pode receber diariamente as principais notícias do dia no seu celular. Para participar, basta adicionar nos seus contatos o número (19) 98122-4163 e enviar uma mensagem pelo WhatsApp, enviando a palavra “Notícias de Indaiatuba” (quem já é adepto do serviço continuará recebendo as notícias pelo número divulgado anteriormente). O esquema de envio será via lista de transmissão. Isso significa que os leitores que optarem por receber o conteúdo só serão notificados pelo Notícias de Indaiatuba, que administra o grupo.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Região
Comentários estão fechados.

Leia também

Inscrições para oficinas culturais no Cras do Campo Bonito acontecem na próxima semana

Notícias Inscrições para oficinas culturais no Cras do Campo Bonito acontecem na próxima s…