Em 2017 o câncer de mama matou 203 homens no Brasil e a doença continua fazendo vítimas de todas as idades por isso é importante se cuidar e ficar atento a qualquer sinal que possa revelar a doença.

Para cada 100 mulheres com câncer de mama, pelo menos um homem é atingido pela grave doença. No Brasil 1% dos casos de câncer de mama são em homens e estes dados são preocupantes porque a maioria não procura se cuidar corretamente.

Publicidade

Assim como as mulheres, os homens precisam ficar atentos a qualquer alteração nas mamas, por exemplo, retração da pele, presença de nódulos ou caroços e até mesmo secreção na aréola. Ínguas nas axilas e vermelhidão ou coceira no peito também podem ser sintomas da doença.

O INCA alerta que a obesidade, doença hepática e alcoolismo podem aumentar a chance de desenvolver o câncer. O tratamento para o homem é o mesmo da mulher, é preciso fazer radioterapia, quimioterapia e hormonioterpia, mas o médico irá averiguar qual é a melhor solução para cada paciente.

Publicidade

No caso do homem o câncer de mama é mais perigoso porque há pouco tecido mamário e com isso pode haver uma rápida infiltração na pede e também no músculo posterior do peito, provocando uma metástase e reduzindo a chance de cura.

Mas as mutações genéticas hereditárias sãos um dos principais fatores que levam à doença, por isso é importante conversar com o médico e se for recomendado, fazer os testes genéticos para mapear possíveis mutações.

Quanto antes o câncer de mama é descoberto, seja em homem ou mulher, maior a chance é de cura, por isso o médico deve ser procurado ao primeiro sinal de risco.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Saúde & Bem Estar
Comentários estão fechados.

Leia também

ManpowerGroup abre 1.247 vagas de emprego para níveis médio e superior

A ManpowerGroup, empresa líder mundial em soluções inovadoras em força de trabalho, que co…