Por: Bruna Romanini

Foto: Reprodução Facebook – Entenda a história desta criança e o alerta de seu pai

O pai da criança de apenas quatro anos decidiu expor o caso para alertar outras famílias

Uma criança de apenas quatro anos precisou passar por uma cirurgia nos olhos devido ao uso excessivo do celular. Agora, seu pai fez um alerta nas redes sociais para que outros pais e mães não cometam o mesmo erro que ele.

O pai Dachar Nuysticker Chuayduang da Tailândia fez um post nas redes sociais sobre o caso de sua filha. Ele contou que passou a dar o seu celular para a menina brincar quando ela tinha apenas dois anos de idade. “Eu costumava dar o celular para minha filha para que ela brincasse enquanto eu trabalhava”, contou o pai no post feito no Facebook.

Rapidamente, a menina começou a usar o celular do pai de forma excessiva. E após algum tempo, ela passou a apresentar problemas de visão. Inicialmente, ela passou a usar óculos, mas os problemas persistiam.

Demorou algum tempo para o pai e os médicos entenderem que o uso excessivo do celular estava causando os problemas. A criança foi diagnosticada com ambliopia ou olho preguiçoso. Este problema ocorre quando as vias nervosas entre o cérebro e um dos olhos ou os dois não são estimuladas adequadamente.

Por causa desta condição, a menina precisou passar por uma cirurgia nos olhos aos quatro anos de idade. Agora, ela está bem e seu uso do celular diminuiu abruptamente.

Vale lembrar que de acordo com a Academia Americana de Pediatria, a orientação é que crianças até dois anos NÃO usem celular, tablets e computadores e não assistam televisão. Entre os dois e cinco anos de idade, a orientação passa a ser no máximo uma hora de celular ou tablet ou computador ou televisão por dia.

Foto: Reprodução Facebook – A criança logo após operar os olhos aos quatro anos de idade

Foto: Reprodução Facebook – A menina com o pai e o irmãozinho

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Saúde & Bem Estar
Comentários estão fechados.

Leia também

Protesto ‘rebatiza’ Largo do Rosário