Na noite de quarta-feira (23), um adolescente morreu após receber choque elétrico do celular que estava no carregador. Luigi Nascimento, de 15 anos, usava o aparelho conectado à tomada de um restaurante na Praia de Atalaia, a 365 km de Teresina, no Piauí.

Depois do acidente, pessoas próximas acionaram o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu). Mas, ao chegar no local, a equipe de resgate confirmou que o rapaz já estava morto.

LEIA TAMBÉM

Além disso, agentes da Polícia Militar foi chamada e interditaram o local para perícia. Depois do procedimento de análise, o Instituto Médico Legal (IML) recolheu o corpo de Luigi.

Leia também:

De acordo com Eduardo Gonçalves, perito criminal, o adolescente morreu ao receber um choque elétrico usando o celular para jogar enquanto o aparelho estava carregando. “Havia uma equipe de uma concessionária de energia no local que informou a queda de uma das fases de um poste na região, mas não tenho como dizer se foi no momento exato”, informou.

O perito também disse que nem o celular e nem a tomada em que estava conectado sofreram nenhum problema, porém existe um limite de eletricidade que o aparelho conseguiria isolar. “Acredito que ele tenha sofrido isso devido à alta tensão e não somente por causa da corrente elétrica”. Segundo Gonçalves, entre 120 e 1200 volts é causado um fenômeno similar a um desfibrilador, que leva à parada cardíaca e até asfixia.

O IML tem até 10 dias para concluir o laudo pericial. De acordo com o perito também, é possível que Luigi tenha tomado banho de mar antes do acidente. Ele estaria usando roupa de banho e estava sem camisa, mas o perito informou que ainda não é possível confirmar.

Informações são do G1.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Brasil
Comentários estão fechados.

Leia também

Carrefour anuncia abertura de mais de 2 mil vagas efetivas no estado de São Paulo

O Carrefour anunciou nesta segunda-feira (19) a abertura de mais de 2 mil vagas no estado …