Na tarde desta quarta-feira (12), um avião da Azul que decolou no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino a Campinas, São Paulo, precisou fazer um pouso de emergência após um dos pilotos reportar “ocorrência de fumaça a bordo, com cheiro de queimado”.

O pouso inesperado aconteceu ainda no Rio de Janeiro, no Aeroporto do Galeão. De acordo com a Diretoria de Qualidade e Segurança Operacional da Azul, após identificar a ocorrência, os pilotos começaram a descer o avião até o solo com “declaração de emergência”.

LEIA TAMBÉM

O informe enviado aos tripulantes aponta que a fumaça “cessou durante a descida da aeronave”. Ainda segundo o documento, a companhia aérea relatou que após o pouso, não houve mais nenhum registro de fumaça.

Avião saiu do Rio de Janeiro com destino a Campinas (Foto: Reprodução/G1)

“A Azul lamenta eventuais aborrecimentos causados, destaca que está prestando toda a assistência necessária conforme previsto na resolução 400 da Anac, e reforça que ações como essa são necessárias para garantir a segurança de suas operações”, informou a companhia.

Dois passageiros que estavam no voo AD4040 passaram mal e precisaram receber atendimento do serviço de saúde do aeroporto. Após o desembarque, a Azul reacomodou os passageiros em outro voo, que partiu do Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão) na noite de segunda-feira.

Leia também:

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Brasil
Comentários estão fechados.

Leia também

Yoki fará “Yokermesse 2021” para o público celebrar as Festas Juninas de casa

Entretenimento LEIA TAMBÉM Yoki fará “Yokermesse 2021” para o público celebrar as Festas J…