Em uma publicação no Facebook, o presidente Bolsonaro minimizou a existência do racismo no Brasil dizendo que é “daltônico”: “todos têm a mesma cor”, escreveu. O post foi feito nesta sexta-feira (20), Dia da Consciência Negra.

O presidente não mencionou em nenhum momento do dia a morte de José Alberto Freitas, homem negro assassinado por dois seguranças brancos em uma loja da rede Carrefour, em Porto Alegre, na quinta-feira (19). Além disso, Bolsonaro também não citou o dia de conscientização da história do povo negro.

LEIA TAMBÉM

De acordo com Bolsonaro, o problema da violência é vivido por todas as pessoas e que “não adianta dividir o sofrimento do povo brasileiro em grupos.

Ainda na publicação, o presidente disse que a essência do povo brasileiro foi o que “conquistou a simpatia do mundo”. Mas que “há quem queira destruí-la, e colocar em seu lugar o conflito, o ressentimento, o ódio e a divisão entre classes, sempre mascarados de “luta por igualdade” ou “justiça social”, tudo em busca de poder.”

No mesmo dia, mais cedo, o vice-presidente Hamilton Mourão também ignorou o problema dizendo que “no Brasil não existe racismo”.

Leia também:

Desigualdade racial no Brasil

Segundo a Pnad, os negros – definidos como pretos e pardos, pelo IBGE – são os que têm maiores dificuldades dea acesso à moradia. Os dados apontam que 7 a cada 10 pessoas que moram em casas com inadequações são pretos ou pardos.

Enquanto isso, trabalhadores negros recebem em média um salário 17% inferior às pessoas brancas da mesma origem social. É o que um estudo divulgado pela PUCRS (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul) com a Rede de Observatórios da Dívida Social na América Latina.

Além disso, o Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2020 mostrou que 8 a cada 10 pessoas mortas pela polícia no ano anterior eram negras.

Confira a publicação do presidente Bolsonaro:

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Brasil
Comentários estão fechados.

Leia também

Expectativa de vida dos brasileiros sobe para 76,6 anos, diz IBGE

Os brasileiros estão vivendo mais. Em média, são 76,6 anos de acordo com levantamento das …