Em viagem ao Maranhão nesta quinta-feira (29), Bolsonaro teve uma fala homofóbica se referindo aos maranhenses e o Guaraná Jesus, um refrigerante local, que é rosa.

Em tom de piada, o Presidente da República disse: “Agora virei boiola, igual maranhense, é isso? [risos] O guaraná cor-de-rosa do Maranhão aí, quem toma esse guaraná vira maranhense [risos]. Guaraná cor-de-rosa no Maranhão… Que boiolagem isso aqui”.

LEIA TAMBÉM

O refrigerante, além de ser tradicional do estado, é um símbolo que representa o Maranhão no Brasil. O momento da fala de Bolsonaro foi transmitido em uma live e ele repetiu a ‘piada’ mais de uma vez.

Na transmissão, o chefe de estado está cercado de apoiadores e não usa máscara, o que é obrigatório por decreto estadual desde maio.

Em 2019, a homofobia e a transfobia foram enquadradas no crime de racismo, pelo Supremo Tribunal Federal.

“Piada sem graça”

O governador Flávio Dino (PCdoB) e a bancada do Maranhão no Congresso condenaram a declaração de Bolsonaro. Em publicação em uma rede social, Dino informou que irá processar o presidente.

“Bolsonaro veio ao Maranhão com sua habitual falta de educação e decoro e fez piada sem graça com uma de nossas tradicionais marcas empresariais.”

Além disso, os deputados maranhenses Rubens Pereira Junior e Márcio Jerry (PCdoB), e Bira do Pandaré (PSB), também repudiaram a postura homofóbica e desrespeito com o povo do Maranhão por parte de Bolsonaro.

Outros parlamentares de diferentes estados também repudiaram a fala. O senador Humberto Costa (PT-PE) disse que o presidente disparou ódio contra gays, nordestinos e maranhenses como se fosse uma brincadeira.

O deputado Ivan Valente (PSOL-SP) disse que Bolsonaro foi ao Maranhão para espalhar homofobia. Assim, o PSOL disse que também pretende processar Bolsonaro.

Leia também:

Live de desculpas

Em uma transmissão ao vivo, já em Brasília, Bolsonaro pediu desculpas pela “brincadeira”, ressaltando ainda que o comentário não era “para a televisão”.

“Se alguém se ofendeu, me desculpa, eu fiz uma brincadeira com a cor do guaraná Jesus, que é cor-de-rosa. E a brincadeira que eu fiz não foi para a televisão, eu estava falando com um cara lá. Falei uns troços, e divulgaram como se eu estivesse ofendendo o pessoal do Maranhão. A maldade está aí”, disse.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Brasil
Comentários estão fechados.

Leia também

Expectativa de vida dos brasileiros sobe para 76,6 anos, diz IBGE

Os brasileiros estão vivendo mais. Em média, são 76,6 anos de acordo com levantamento das …