Motoristas que abastecem seus veículos com gasolina vão poder encontrar um novo combustível a partir desta segunda-feira (3).

Segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP), que regula o setor, a nova gasolina proporcionará um consumo menor pelos veículos, com maior eficiência energética, e será menos poluente.

LEIA TAMBÉM

Entretanto, a gasolina produzida de acordo com as novas especificações será mais cara do que a fórmula até então vigente. O reajuste não deve vir de maneira imediata, pois há um prazo adicional de 60 dias para as distribuidoras e de 90 dias para os revendedores se adequarem, permitindo o escoamento de possíveis produtos comercializados com as especificações vigentes até o domingo (2).

As novas especificações para o combustível vendido nos postos de combustíveis seguem a resolução da ANP, aprovada no início do ano. Produtores tiveram mais de seis meses para se preparar para o momento de início de vigência.

“A iniciativa é resultado da realização, pela ANP, de estudos e pesquisas dos padrões de qualidade, considerando o acompanhamento das especificações e harmonizações internacionais, bem como de amplos debates com os agentes econômicos do mercado de combustíveis”, disse a agência em comunicado.

Leia também:

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Brasil
Comentários estão fechados.

Leia também

MRV está com oportunidade(s) para Supervisor de Contas – v2111260

Descrição Você atuará na área Comercial como Supervisor de Contas IMOB, sendo responsável …