A NET anunciou nesta semana que seus serviços residenciais como a TV por assinatura, telefonia e internet agora são parte da Claro e que com isso a marca deixará de existir.

Essa não é a primeira vez que isso ocorre, há alguns anos, após a Telefonica comprar a Vivo a mesma deixou de utilizar seu nome e foi incorporada. O mesmo ocorrerá neste caso, a marca NET deixará de existir, mas seus serviços continuarão, porém agora a empresa será apenas Claro.

O fim da marca NET acontecerá gradativamente, com a Claro passando a comercializar os seus produtos. A fusão, no entanto, já era esperada. Desde 2011, o Grupo América Móvil (Claro, NET e Embratel) oferecia combos integrados e em 2015 houve a unificação das duas empresas sob o mesmo CNPJ.

A Claro passa agora a deter a liderança em TV por assinatura e banda larga no país. Ao concentrar os investimentos e a atuação mercadológica, a empresa fica ainda maior e mais forte, com presença global e portfólio completo de serviços“, destaca José Antônio Félix, presidente da Claro.

Os planos e canais de atendimento permanecem os mesmos para os clientes e as lojas, sites e aplicativos serão atualizados para facilitar a interação e comunicar a novidade.

Esse novo posicionamento da empresa já ganhou até mesmo uma campanha com Tiago Leifert, garoto-propaganda da Claro, apresentando o novo catálogo de serviços da empresa e fortalecendo a ideia para os clientes.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Entretenimento
Comentários estão fechados.

Leia também

Neblina afeta voos no Aeroporto de Viracopos nesta terça-feira; veja lista

Campinas amanhece com neblina e voos no Aeroporto de Viracopos são desviados A neblina que…