A Airbus anunciou nesta terça-feira (30) que fará uma redução de cerca de 15 mil posições de trabalho até a metade de 2021 com o objetivo de salvaguardar o futuro da companhia em meio à crise da Covid-19. Segundo a fabricante europeia, a decisão foi tomada após a análise aprofundada da demanda de clientes nos últimos meses. Os negócios que envolvem o setor de aviação comercial caíram cerca de 40%, com o setor enfrentando uma crise sem precedentes, “a mais grave pela qual o setor já passou”, destaca o CEO da Airbus, Guillaume Faury. Em nota, a Airbus cita a importância do apoio do governo, que permitiu limitar as medidas anunciadas, mas afirma que o tráfego aéreo não deve se recuperar para os níveis pré-Covid antes de 2023 e potencialmente até 2025. Serão cortadas 5 mil posições de trabalho na França, 5,1 mil na Alemanha, 900 na Espanha, 1,7 mil no Reino Unido e 1,3 mil posições de trabalho em escritórios espalhados pelo mundo.

Tudo sobre:

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias
Comentários estão fechados.

Leia também

Industria de Indaiatuba seleciona funcionários para Operador Multifuncional

Industria situada no American Park Empresarial NR está com 4 oportunidades de trabalho par…