Notícias

Comércios e serviços não essenciais ficam fechados a partir de segunda (6) em Indaiatuba

  • Publicação: 03/07/2020 18:49h
  • Redator(es): Darlene Ribeiro
  • Release N.º: 506
Foto

Foto: Arquivo – Eliandro Figueira RIC/PMI

A Prefeitura de Indaiatuba informa que a partir de segunda-feira (06), enquanto a Região Metropolitana de Campinas estiver classificada na Fase 1, denominada vermelha, do Plano São Paulo de Retomada Consciente, o funcionamento de serviços e atividades presenciais não essenciais devem permanecer fechados no município. A Portaria nº 645, que trata sobre a alteração do Plano São Paulo em Indaiatuba, foi publicada em edição extraordinária da Imprensa Oficial do Município nesta sexta-feira (03).

Em live realizada nas redes sociais da administração municipal nesta tarde, o prefeito Nilson Gaspar destacou que se trata de uma determinação do Governo do Estado. “Temos uma excelente estrutura hospitalar e tratamos todos os pacientes diagnosticados com Covid-19 na nossa cidade, inclusive acolhemos e tratamos pacientes de municípios vizinhos. Em nenhum momento foi preciso enviar alguém para fora. No entanto, Indaiatuba está inserida na região de Campinas, que agora voltou para a Fase um do plano, em razão do número de ocupação leitos hospitalares. Nós precisamos seguir esta nova regra do planejamento do estado, que é determinada para as regiões, não para os municípios individualmente”, argumentou.

Nesta nova fase de Indaiatuba estão autorizados a funcionar: indústria não essencial, construção civil, hospitais, clínicas e comércios essenciais, entre eles: lavanderias, serviços de limpeza, hotéis, mercados, supermercados, farmácias, postos de combustíveis, agropecuária e casas de material de construção.

A partir de segunda-feira (06) devem permanecer fechados: espaços públicos, atividades imobiliárias, concessionárias, escritórios, comércio, shopping centers, salões de beleza, academias, teatros, cinemas, eventos que geram aglomeração de pessoas. Bares e restaurantes poderão funcionar exclusivamente com serviço de entrega e drive thru.

“Agora é hora de unir nossas forças para combater esse vírus. Vamos, cada um de nós fazer a nossa parte, utilizando máscaras, fazendo uso de álcool gel e evitando aglomerações. É o momento de termos prudência e responsabilidade. Nosso foco agora é salvar vidas para, muito em breve, podermos retomar a economia, a geração de emprego e renda”, finalizou o gestor municipal.

O Governo do Estado de São Paulo anunciou nesta sexta-feira (03) a reclassificação da Região Metropolitana de Campinas da Fase 2, denominada laranja, para a Fase 1, denominada vermelha do Plano São Paulo de Retomada Consciente. Para haver uma nova mudança de fase é preciso que a região apresente melhora nos indicadores (que incluem ocupação de leitos de UTI, leitos por 100 mil habitantes, número de novos casos, número de óbitos, entre outros) nos próximos 15 dias contados a partir do dia 06 de julho.

Notícias relacionadas

Com informações da Prefeitura de Indaiatuba

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias
Comentários estão fechados.

Leia também

Jundiaí ultrapassa os 7 mil recuperados por Covid-19

A cada dia os profissionais do Hospital de Caridade São Vicente de Paulo (HSV), referência…