Connect with us

Notícias

Em balanço Assistência Social destaca projeto pioneiro na região para distribuição de renda para famílias em vulnerabilidade social

Artigo

em

  • Publicação: 06/12/2021 11:40h
  • Redator(es): Gabriel Beccari
  • Release N.º: 1464

Os serviços e ações que envolvem a Secretaria de Assistência Social sempre tiveram prioridade na gestão do prefeito, Nilson Gaspar (MDB), e, não à toa, em 2021, foi criado um projeto de distribuição de renda direta para famílias em vulnerabilidade social. O projeto Renda Mínima Indaiatuba beneficiou ao todo 4.402 famílias, durante 6 meses. O auxílio emergencial chegava a um valor máximo de R$ 190,00 por mês, dependendo da quantidade do número de filhos até 14 anos. Ao todo foram repassados R$ 4,03 milhões para às famílias em situação de vulnerabilidade.

Aliado às ações já existentes, foi proposto pelo secretário da pasta, Hélio Ribeiro, o desenvolvimento de um diagnóstico social intraurbano, que fará um levantamento de dados em diversas áreas do município, afim de identificar os problemas e mapeá-los em um Mapa Social, que possibilitará aos departamentos responsáveis por aquelas áreas, resolve-los. Serão calculados os indicadores referentes a educação, saúde, assistência social, moradia, violência, emprego e renda, entre outros relacionados aos direitos sociais e acesso a políticas públicas que impactam a vida e os direitos dos moradores.

A fonte dos dados são os registros administrativos anuais de políticas públicas. Os resultados de Indaiatuba serão comparados com os resultados dos municípios paulistas (de mesmo porte e totalidade dos municípios). As questões em que a cidade apresentar piores classificações comparativas serão identificadas nesta primeira etapa como prioridades municipais.

Visando sempre o melhor acolhimento à população a Secretaria de Assistência Social realizou melhorias constantes em seus espaços físicos, como a reforma e ampliação do Cras 3, localizado na Rua José Pioli, 96 – Jardim Morada do Sol.

No último mês de novembro, foi aberto o Chamamento Público nº 14/2021, que contrata serviço de acolhimento institucional para idosos em instituição de longa permanência para o público da terceira idade.

Através do Núcleo do Terceiro Setor, visando a efetivação de parcerias com as Organizações da Sociedade Civil devidamente inscritas no Conselho Municipal de Assistência Social, durante o ano, houve repasse financeiro municipal através do Funcri (Fundo Municipal da Criança e do Adolescente) e FMAS (Fundo Municipal de Assistência Social) para 19 Organizações da Sociedade Civil. O valor disponibilizado neste ano foi de R$ 6,8 milhões, 200 mil reaos a mais do que no ano anterior.

O Projeto Despertar, que conta com a colaboração do Funssol, consiste no atendimento às famílias beneficiárias com cesta básica, através de palestras mensais, com o objetivo de facilitar o acesso de informação sobre a prática de hábitos alimentares saudáveis. Foram fornecidas para a população, cerca de 23.340 cestas básicas (grandes, pequenas e emergenciais) apenas em 2021.

Outra novidade em 2021 foi a retomada das aulas presenciais do Projeto Golf Chave para o Futuro, que teve a participação de aproximadamente 200 jovens, entre 13 a 17 anos, no Sapezal Golf Club. Os adolescentes participantes foram direcionados pelos Cras de referência e frequentam às aulas sempre em contra turno escolar.

Em outubro, o secretário Hélio Ribeiro, realizou a entrega de cinco computadores para o 2º Conselho Tutelar de Indaiatuba, o equipamento foi solicitado ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos do Governo Federal. O objetivo é equipar os conselhos tutelares para que o trabalho dos conselheiros seja viável e eficaz visando promover o fortalecimento do Sistema de Garantia de Direitos de Crianças e Adolescentes.

PANDEMIA

Embora 2020 tenha sido um ano totalmente atípico devido ao decreto do estado de calamidade pública em virtude da pandemia causada pela Covid-19, o ano de 2021 seguiu da mesma maneira e a Assistência Social foi considerada área essencial para o enfrentamento da situação, respondendo às necessidades imediatas da população, especialmente os mais vulneráveis, que vem sofrendo ainda mais os impactos da pandemia. No decorrer deste ano, 23.340 cestas básicas foram entregues, para pessoas inscritas nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras).

Para as pessoas em situação de rua neste ano a Prefeitura de Indaiatuba criou o Alojamento Provisório, um ambiente mais acolhedor para o período mais frio do ano, onde os assistidos puderam cuidar da higiene pessoal, recebiam jantar e café da manhã, dormiam aquecidos em camas instaladas sobre os tatames e ainda recebiam orientações e maior proteção com relação à doença. Montado no Centro de Lutas do Jardim João Pioli, o alojamento funcionou em julho com uma média de 30 pessoas por dia, que se levassem animais consigo, eram tratados pela Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente.

PROTEÇÃO BÁSICA

No aspecto da proteção social básica, que visa prevenir situações de risco por meio do desenvolvimento de potencialidades e aquisições, e o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, neste ano, as equipes das seis unidades do Cras (Centro de Referência em Assistência Social) realizaram 23.551 atendimentos individualizados e 261 visitas domiciliares. No mesmo período 2.921 famílias foram encaminhadas para programas sociais.

Os Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos desenvolvidos pelos Cras, visam proporcionar a integração, socialização, favorecer o convívio na comunidade e promover a autoestima, através de atividades culturais, de lazer e ações socioeducativas.

Com o objetivo de trabalhar as questões e conflitos da adolescência, amadurecendo-os para uma inserção mais consciente no mercado de trabalho, o CRASJovem contou com a participação direta de 200 adolescentes e 800 pessoas indiretamente. Os adolescentes são acompanhados diariamente por um Orientador Social durante as atividades de lazer, culturais e nas atividades preparatórias para processos seletivos, além do acompanhamento social nos casos de vulnerabilidade e risco apresentados pelas respectivas famílias.

Os grupos da terceira idade, que são atendidos nos Cras, desenvolveram durante toda a pandemia atividades remotas, tendo o seu primeiro encontro presencial, na sexta-feira, 26 de novembro, no Espaço Bem Viver. Ao todo 200 idosos participam das atividades dedicadas à vivência em grupo, com atividades artísticas, culturais, esportivas e de lazer, visando à valorização das experiências vividas e estimulando suas potencialidades e participação social.

O Paasi (Polo de Assistência e Apoio Socioeducativo Infantil) atendeu 62 crianças e famílias que se encontram em vulnerabilidade social durante todo ano com o desenvolvimento de atividades esportivas, culturais, artesanais, de lazer e educativas, que acontecem diariamente, também em contra turno escolar.

PLANTÃO SOCIAL

O Plantão Social presta acolhimento à população que não reside em área de abrangência dos Cras para atendimento em situação emergencial, que consiste em situação de risco pessoal, social e econômica. Em 2021 foram realizados 4.081 atendimentos que envolvem: parcelamento e isenção de serviço funeral; orientação e encaminhamento para os Serviços da Rede Sócio Assistencial e Programas de Transferência e Geração de Renda; Bolsa Família; BPC (Benefício de Prestação Continuada); Ação Jovem; Renda Cidadã; PETI (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil); solicitação de 2ª via de certidão de nascimento; visitas domiciliares; triagem sócio econômica para concessão de alvará de ambulante; triagem sócio econômica para parcelamentos de débito de dívida ativa pela Lei 4258/2002 e Lei Complementar 57/2019, orientação e acompanhamento aos órgãos públicos e privado e triagem para recebimento de cesta básica.

PASSE/BOLSA

O Programa Municipal Bolsa de Estudos/Passe Transporte beneficiou este ano 654 estudantes. O Passe/Bolsa, como é conhecido, restitui percentuais de custos com transporte e mensalidades de faculdade, a estudantes em situação de carência, que em contrapartida, realizam atividades comunitárias solicitadas pela Secretaria Municipal de Assistência Social. O total de R$ 1.311.000,00 foi disponibilizado para o programa, somente em 2021.

RENDA CIDADÃ, BPC E BOLSA FAMÍLIA

Renda Cidadã é um Programa de âmbito do Governo Estadual, o qual prevê a transferência de renda temporária às famílias com renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo nacional. Atualmente a Secretaria faz o acompanhamento periódico para 32 beneficiários através dos CRAS.

O BPC (Benefício de Prestação Continuada) é um benefício da Política de Assistência Social, que integra a Proteção Social Básica no âmbito do SUAS (Sistema Único de Assistência Social). Indaiatuba apresentou 3.222 beneficiários compreendidos entre idosos e pessoas com deficiência, repassando aproximadamente R$ 31.710.805,83 em valor de benefícios. O benefício assegura a transferência mensal de um salário mínimo ao idoso, com 65 anos ou mais, e à pessoa com deficiência, de qualquer idade, com impedimentos de longo prazo, de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, os quais, em interação com diversas barreiras, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas.

O Programa Bolsa Família, criado pela Lei n° 10.836/04, é um programa de transferência direta de renda que beneficia famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o País. Foi utilizado um limite de renda para definir essas duas situações. Assim, podem fazer parte do Programa: Todas as famílias com renda por pessoa de até R$ 89,00 mensais (famílias em situação de extrema pobreza); Famílias com renda por pessoa entre R$ 89,01 e R$ 178,00 mensais, desde que tenham crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos (famílias em situação de pobreza com crianças e adolescentes). Atualmente Indaiatuba conta com 3.254 pessoas beneficiadas pelo Programa, que tem um investimento de R$ 4.762.324,00.

Vale lembrar que através da Medida Provisória nº 1.061, de 9 de agosto de 2021, que revoga o Programa Bolsa Família, cria o programa chamado Auxílio Brasil e o Programa Alimenta Brasil. A previsão é iniciar os pagamentos desse novo programa neste mês, em dezembro e o ingresso de famílias e as sua permanência no Programa ocorrerão com o registro de seus integrantes no Cadastro Único, desde que apresentem dados cadastrais atualizados e qualificados pelos gestores dos benefícios de acordo com as regras de elegibilidade do Programa. As famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família não precisam realizar nenhum cadastro para receber os benefícios do Auxílio Brasil, a migração dessas famílias ocorrerá de forma automática com a implantação deste novo Programa.

CADASTRO ÚNICO

Criado em julho de 2001 pelo Governo Federal, o Cadastro Único tem por objetivo retratar a situação socioeconômica da população de todos os municípios brasileiros. O número de famílias cadastradas no município atualmente é de 13.116, ao total são 34.263 pessoas inscritas. A utilização do Cadastro Único proporciona maior abrangência dos programas sociais, ajuda a identificar os potenciais beneficiários e evita a sobreposição de programas para uma mesma família. Um dos exemplos de programas sociais que só podiam participar os inscritos no Cadastro Único era o Programa Renda Mínima, criado pela Prefeitura de Indaiatuba que levava em consideração as famílias inscritas no de 16 de janeiro de 2019 até 16 de janeiro de 2021, o programa de transferência de renda direta beneficiou mais de 4 mil famílias por 6 meses.

DEPARTAMENTO DE PROTEÇÃO SOCIAL ESPECIAL

CREAS

O Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) é uma unidade pública que oferta serviços especializados e continuados para famílias e indivíduos em diversas situações de violação de direitos. O público alvo do Creas é composto por crianças e adolescentes vítimas de violência sexual; abuso e/ou exploração sexual; crianças e adolescentes vítimas de violência doméstica (física, psicológica e negligencia); crianças e adolescentes na vivência do trabalho infantil; mulher em situação de violência; adolescente em cumprimento de medidas sócio educativas de Liberdade Assistida (LA) e Prestação de Serviço à Comunidade (PSC); Idosos com seus direitos violados e pessoas em situação de rua.

A equipe do Creas realizou de janeiro à agosto 2.020 atendimentos à famílias e indivíduos. As principais atividades oferecidas foram: acolhida, escuta, atendimentos individuais e grupais, visita domiciliares e institucionais, busca ativa, rondas e abordagem social, acompanhamento sistemático e monitoramento dos casos, articulação e fortalecimento com a rede do sistema de garantia dos direitos da criança e do adolescente, capacitações e palestras para equipe, fóruns, reuniões intersetoriais, campanhas educativas, palestras sócio educativas às famílias, fornecimento de transporte para as mães visitarem os filhos na Fundação Casa, entre outros.

CAMPANHA NÃO DÊ ESMOLAS

Lançada em 2009, a Campanha Não dê Esmolas é uma ação permanente que visa sensibilizar e conscientizar a população que o ato de “dar esmola” embora pareça nobre, prejudica o trabalho de ressocialização dessa pessoa que se encontra em situação de vulnerabilidade e risco social. Por meio de ações publicitárias e veículos de comunicação, a campanha visa informar a sociedade que muitas vezes o dinheiro obtido com esmolas é usado para sustentar o vício em álcool ou drogas. As esmolas contribuem para a evasão escolar, e na rua, pedindo esmolas, que muitas vezes crianças, adolescentes e adultos têm o primeiro contato com o tráfico.

O secretário da Assistência Social, Hélio Ribeiro, explica que a campanha tem o apoio do Creas, Departamento de Fiscalização da Prefeitura e Guarda Civil Municipal. “Nós precisamos do apoio da população que deve fazer a sua parte nos alertando quando encontrar crianças, adultos e idosos em situação de rua, para que possamos ajudar. Temos projetos sociais que atendem essas pessoas em situação de risco social”, lembrou. A Administração Municipal disponibiliza telefone 0800 – 772 77 21 de segunda a sexta-feira das 8h às 17h para o alerta de pessoas em situação de rua que estejam necessitadas.

Semanalmente, às quintas-feiras, diversas secretarias da Prefeitura de Indaiatuba realizam ações de orientação e acolhimento com pessoas em situação de rua, indicam a Comunidade Farol para o abrigo definitivo e os serviços de saúde para eventuais atendimentos necessários.

CENTRO DE REFERÊNCIA EM ATENÇÃO À PESSOA COM DEFICIÊNCIA

Em 2021, de janeiro à agosto, a equipe do Centro de Referência em Atenção à Pessoa com Deficiência – Centro PcD realizou 304 atendimentos que incluem atividades de convivência para a pessoa com deficiência e seus familiares, possibilitando a inclusão social para o exercício pleno de sua cidadania, respeitando suas limitações, potencialidades e desejos, valorizando a autoestima.

O Centro desenvolve o Projeto Gente Eficiente, Inclusão no Mercado de Trabalho, Curso de Libras e o Serviço de Proteção Social Especial para Pessoas com Deficiência e Suas Famílias. Entre as atividades oferecidas estão: atualizações de cadastros e inclusão de novos cadastros das pessoas com deficiências para inclusão no mercado de trabalho; visitas domiciliares; oficinas educativas de artes e artesanato; apoio pedagógico; culinária; libras e informática; entre outros.

CURSO DE LIBRAS

A Secretaria de Assistência Social, em agosto, abriu inscrições para o curso on-line de libras, foram 240 vagas oferecidas que foram preenchidas em menos de 24 horas. O objetivo era promover a acessibilidade de comunicação entre surdos e ouvintes através do aprendizado da Língua Brasileira de Sinais.

CENTRO DE REFERÊNCIA EM SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL SUSTENTÁVEL

O Centro de Referência em Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável atua em defesa e promoção do direito humano básico à alimentação. Para tanto executa os projetos: Educação Alimentar – capacitação, conhecimento e acesso à alimentação saudável; Despertar – palestras mensais com o objetivo de facilitar o acesso de informação sobre a prática de hábitos alimentares saudáveis e fornecimento de cestas básicas e Mãos Dadas – atua como órgão receptor, selecionador e distribuidor de recursos materiais provenientes de articulação, captação e efetivação de parcerias do Fundo Social de Solidariedade às Entidades Assistenciais devidamente inscritas nos Conselhos Municipais. O Projeto Mãos Dadas recebeu aproximadamente 3.034kg em doação de alimentos neste ano, uma alta de 221% em relação ao ano passado.

O Cresans (Centro de Referência em Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável) é responsável pelo Projeto de Educação Alimentar, que tem duração de 04 meses. Os participantes contam com aulas semanais na cozinha experimental onde a nutricionista realiza orientações quanto às práticas alimentares e a auxiliar de cozinha prepara os pratos, que são degustados ao final de cada aula. No encerramento do Projeto os participantes recebem um certificado, que possibilitará a inclusão no mercado de trabalho. Neste ano o Cresans atendeu 246 alunos.

O objetivo do projeto Horta Solidária é incentivar o cultivo de hortas livres de agrotóxicos, estimular hábitos alimentares saudáveis, fortalecer o convívio comunitário e recriar a ligação entre o campo e a cidade. Mensalmente a produção é doada às Organizações da Sociedade Civil, regularmente inscritas no Conselho Municipal de Assistência Social. Somente neste ano foram colhidos e doados 500kg de alimentos.

TERCEIRO SETOR

O Núcleo do Terceiro Setor visa promover e fornecer às Organizações da Sociedade Civil de Assistência Social (OSCs) a oportunidade de capacitação e profissionalização buscando melhorias constantes de administração com senso de oportunidades empreendedoras. É também um canal de mobilização para a captação de recursos financeiros direcionados às OSCs.

Através do Núcleo do Terceiro Setor, visando a efetivação de parcerias com as Organizações da Sociedade Civil devidamente inscritas no Conselho Municipal de Assistência Social. Durante o ano houve repasse financeiro municipal através do Funcri (Fundo Municipal da Criança e do Adolescente) e FMAS (Fundo Municipal de Assistência Social) para 19 Organizações da Sociedade Civil. O valor disponibilizado neste ano foi de R$ 6,8 milhões, 200 mil a mais do que no ano anterior.

As Organizações beneficiadas são: Associação Beneficente Abid, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Indaiatuba – Apae, Circulo Amigos Mobilizados na Preparação Profissional – Campi, Casa da Criança Jesus de Nazaré, Casa da Fraternidade, Casa da Mulher Anália Franco, Casa da Providência, Centro de Inclusão e Assistência as Pessoas com Necessidades Especiais – Ciaspe, Centro de Integração, Reabilitação e Vivência do Autista – Cirva, Comunidade Farol, Dispensário Antonio Frederico Ozanan, Educandário Deus e a Natureza, Lar de Velhos Emmanuel, Manaem Obras Sociais e Educacionais, Organização Assistencial Bolha de Sabão, Sociedade Interativa Sol Nascente Indaiatuba – Sisni, Voluntários de Apoio a Família com Pessoas Portadoras de Câncer e Hematologias – Volacc e Associação Amigos do Projeto Guri.

Notícias relacionadas

Com informações Prefeitura de Indaiatuba

PUBLICIDADE

Destaque

‘Bolsa Trabalho’ abre vagas para moradores de Indaiatuba; Veja como participar

Artigo

em

Por

Os interessados ​​terão até o dia 7 de fevereiro para se inscrever no programa do Governo do Estado de São Paulo.

O objetivo é qualificar profissionais desempregados, maiores de 18 anos e com renda não superior a meio salário mínimo per capita. Tem duração de cinco meses com dotação mensal de R$ 540,00.

LEIA TAMBÉM

Os cursos profissionais virtuais oferecidos pela Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo) têm um total de seis opções com duração de 80 horas e carga horária diária de 4 horas. Os temas abordados são auxiliares de produção e controle de estoque, administração, gestão de pessoas, organização de eventos, procedimentos e serviços administrativos, secretaria e recepção.

Os interessados devem se inscrever pelo link: www.bolsadopovo.sp.gov.br. As inscrições são gratuitas e, apenas de forma On-line. São necessários os seguintes documentos: rg, cpf , carteira de trabalho e comprovante de endereço. Mais informações entrar em contato pelo telefone: (19) 3816-9252

SERVIÇO

DATA DE INSCRIÇÃO: 26/01 até 07/02/2022

LINK: www.bolsadopovo.sp.gov.br.

TELEFONE: (19) 3816-9252.

Com informações Prefeitura de Indaiatuba

Continue lendo

Notícias

Segunda Audiência Pública para Revisão do Plano Diretor acontece quinta-feira (27) em modelo híbrido

Artigo

em

Por

  • Publicação: 26/01/2022 09:33h
  • Redator(es): Sirlene Virgílio Bueno
  • Release N.º: 80
Foto

Foto: Arquivo-Eliandro Figueira RIC/PMI

LEIA TAMBÉM

A Prefeitura de Indaiatuba, por meio da Secretaria de Planejamento Urbano e Engenharia, promove na quinta-feira (27), a segunda Audiência Pública para a Revisão do Plano Diretor Municipal (PDM) e Lei de Uso e Ocupação do Solo (LUOS). A apresentação da Proposta Técnica será realizada no Auditório da Prefeitura, a partir das 18h. Devido às restrições impostas pelo Governo do Estado em virtude da pandemia de Covid-19, a audiência será realizada de forma híbrida, com transmissão ao vivo por meio do canal Youtube oficial da Prefeitura, https://youtube.com/c/PrefeituradeIndaiatubaOficial. A população poderá assistir à Audiência Pública e encaminhar contribuições por meio de formulário específico, de maneira remota e segura.

O evento presencial será mantido para as pessoas que não têm acesso à internet e contará com controle de público e demais protocolos sanitários. O uso de máscara cobrindo o nariz e a boca é obrigatório durante toda a audiência, os participantes deverão apresentar o comprovante de esquema vacinal completo (2 doses ou dose única), ou portar resultado negativo de teste de Covid 19 do tipo PCR realizado em até 48 horas, ou do tipo antígeno realizado em até 24 horas, antes da data do evento.

De acordo com o secretário de Engenharia, o arquiteto Rubens Oliveira, o documento para download referente à Etapa 4 dos trabalhos que trata da Proposta Técnica para a Revisão está disponível no site da Prefeitura, na página da Secretaria de Planejamento Urbano e Engenharia – https://www.indaiatuba.sp.gov.br/engenharia/plano-diretor/. “Durante o evento, as sugestões e dúvidas sobre a proposta técnica (Etapa 4) poderão ser encaminhadas de forma virtual por meio do formulário que será disponibilizado na página da transmissão, até o final da apresentação técnica. Lembrando que as manifestação deverão envolver somente temas pertinentes ao conteúdo apresentado”, reforçou.

A revisão do Plano Diretor e a Lei de Uso e Ocupação do Solo tem como objetivo atualizar os principais instrumentos da Política Urbana, os quais organizam o crescimento e o funcionamento da cidade, por meio da definição de um conjunto de ações que devem ser promovidos pelo Poder Público para que todos os cidadãos tenham acesso à moradia, ao saneamento ambiental, à infraestrutura urbana, ao transporte, aos serviços públicos, ao trabalho e ao lazer, seguindo os direcionamentos do Estatuto da Cidade (Lei Federal nº 10.257/2001) e das Resoluções do Conselho da Cidade (em especial nº 25/2005 e nº 34/2005).

Como as leis servem de base para a política municipal de desenvolvimento e ordenamento territorial, a revisão deve ocorrer a cada dez anos, conforme estabelece o Art. 40 do Estatuto da Cidade e o Art.43 do Plano Diretor vigente (Lei Complementar nº 09/2010).

Os trabalhos para a revisão foram iniciados no final de 2019 pela empresa Geo Brasilis, com o suporte e acompanhamento dos técnicos da Secretaria de Planejamento Urbano e Engenharia. “Por conta da pandemia, o tempo decorrido entre o início dos trabalhos e esta segunda audiência foi maior do que o planejado, por isso vamos tornar o debate mais amplo com a realização de uma terceira audiência pública prevista para o mês de fevereiro. Com isso, pretendemos apresentar à Câmara Municipal uma proposta coesa, democrática e factível, com ampla participação popular”, ressaltou o secretário da pasta.

Entre as mudanças propostas na revisão do PDM estão a adequação do mapa de uso do solo com a inserção de todas as nascentes cadastradas após estudos contratados pelo Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgotos); a definição clara entre áreas urbanas e rurais, excluindo-se as área de expansão urbana que hoje não possuem índices e parâmetros urbanísticos, respeitando o Estatuto da Cidade; formulação de diretrizes e políticas necessárias à estruturação, ao ordenamento e ao desenvolvimento sustentável dos meios urbano, rural e das indústrias; proporcionar a aprovação de um Plano ajustado à realidade do município; e propor soluções técnicas inovadoras adequadas à dinâmica urbana e territorial de Indaiatuba, com suas vocações e potencialidades, expansão urbana, conflitos de usos existentes, deficiência de infraestrutura e análise crítica do Plano e da Lei de Uso e Ocupação do Solo vigentes.

Notícias relacionadas

Com informações Prefeitura de Indaiatuba

Continue lendo

Notícias

Curso técnico de química da Fiec conquista recertificação do selo de qualidade CRQ IV-REGIÃO com nota máxima

Artigo

em

Por

  • Publicação: 25/01/2022 16:13h
  • Redator(es): Wanielly Amorim
  • Release N.º: 79

O prefeito, Nilson Gaspar e o superintendente da Fundação Indaiatubana de Educação e Cultura (Fiec), Geraldo Garcia, receberam nesta terça-feira (25/1), a placa que simboliza o Selo de Certificação do Conselho Regional de Química (CRQ / IV Região), entregue pela gerente de fiscalização, Andrea Mariano.

No Estado de São Paulo apenas 9 cursos técnicos de Química, de 6 instituições, possuem a certificação vigente do selo que reconhece e atesta a qualidade do curso e a competência da instituição. O curso oferecido pela Fiec, já obteve três certificações do selo que é válido por três anos, a última renovação, foi conferida em novembro de 2021, por meio do Plenário da Câmara Técnica de Ensino do CRQ, certificando a nota máxima inédita à Fiec.

A gerente de fiscalização do conselho, informou que na história do selo, nenhuma escola/curso, havia recebido a nota máxima (cinco), da auditoria técnica do CRQ. “São várias etapas para auditar a qualidade do curso e a Fiec é a única instituição no Estado de São Paulo, a ter o curso de química avaliado com excelência. Parabenizo vocês por essa conquista”. Concluiu Andrea.

O prefeito Nilson Gaspar, parabenizou a equipe Fiec e os professores. “Indaiatuba tem mais de 400 empresas em atividades químicas e a grande maioria delas absorvem a mão de obra qualificada da Fiec, pois sabem da qualidade oferecida pelo curso, a conquista do selo é o retorno de que o trabalho está sendo bem executado”. Concluiu.

O superintendente da Fiec, creditou a conquista do selo aos docentes do técnico de Química

“Os professores são altamente capacitados e fazem um excelente trabalho de profissionalização do aluno. A Fiec oferece toda a infraestrutura laboratorial com modernos equipamentos, para que tenham a prática exata da área química”. Finalizou.

Para o coordenador dos cursos, Claudemir Borgo, o selo traz inúmeros benefícios principalmente para os alunos. “A revalidação do curso técnico, atesta não só a qualidade do curso e dos docentes, mas garante ao aluno alto índice de empregabilidade, pois é o diferencial que só a Fiec oferece em Indaiatuba”. Encerrou.

Também estiveram presentes na cerimônia de entrega do selo, o secretário de meio ambiente Guilherme Gaspar Magnusson, a diretora da Fiec Eliane Geiss, a assistente de direção Nilza Chavier, e a representante do Conselho Regional de Química na Fiec, Prof.ª. Marta Eliza Bérgamo.

Sobre o Programa Selo de Qualidade CRQ-IV

Criado em 2007, o Programa objetiva oferecer um instrumento de identificação e certificação das escolas comprometidas com a qualidade de ensino. Define parâmetros a partir dos quais as instituições podem se auto avaliar, fazer ajustes e assim proporcionar uma formação adequada às necessidades do mercado de trabalho. O Selo também serve como parâmetro para que estudantes possam escolher os melhores cursos, bem como para sinalizar às empresas onde buscar os melhores estagiários e profissionais para compor seus quadros de colaboradores.

Notícias relacionadas

Com informações Prefeitura de Indaiatuba

Continue lendo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Destaque

DestaqueAtualizado há 5 minutos

Irmãos cachorros se encontram na rua e se reconhecem imediatamente

O que começou como um passeio normal para os dois cães se transformou em uma surpreendente reunião de família quando...

DestaqueAtualizado há 4 horas

‘Bolsa Trabalho’ abre vagas para moradores de Indaiatuba; Veja como participar

Os interessados ​​terão até o dia 7 de fevereiro para se inscrever no programa do Governo do Estado de São...

DestaqueAtualizado há 16 horas

Veja a chegada do A321 da Minnie no Aeroporto de Viracopos

Desde a sua criação, a Azul Linhas Aéreas tem investido fortemente em marketing, tanto por conta própria quanto por meio...

DestaqueAtualizado há 19 horas

SEG Automotive abre processo seletivo pela internet para área de Produção e TI

Fornecemos soluções para os requisitos de mercado de hoje e de amanhã. Há mais de 100 anos, nossos motores de...

DestaqueAtualizado há 20 horas

EBF seleciona funcionários para trabalho em Indaiatuba

LEIA TAMBÉM Irmãos cachorros se encontram na rua e se reconhecem imediatamente Bandidos mantém família refém por dez horas e...

DestaqueAtualizado há 1 dia

Em comemoração ao aniversário de São Paulo, GOL oferece voos a partir de R$ 134,77

A GOL Linhas Aéreas, que tem na capital paulista um de seus principais hubs, formado pelos aeroportos de Congonhas (CGH)...

BrasilAtualizado há 2 dias

Bebê de 1 ano morre após auxiliar de enfermagem aplicar medicação errada

Luiz Eduardo Pedro Costa, de 1 ano e 6 meses de idade, que estava internado no Hospital de Bastos desde...

DestaqueAtualizado há 2 dias

Marfrig abre processo seletivo para Operadores, Técnicos e Analistas; Saiba como se candidatar

A Marfrig é uma empresa com presença e atuação global, com produtos consumidos por milhões de clientes em mais de...

DestaqueAtualizado há 3 dias

Lenovo abre inscrições para programa de empregos 2022

A Lenovo, empresa chinesa de tecnologia, anunciou a abertura de novas vagas de emprego em Indaiatuba e São Paulo. A...

DestaqueAtualizado há 5 dias

Polícia Federal cumpre mandados de prisão em operação contra o tráfico de drogas em Indaiatuba

Nesta sexta-feira (21), a Polícia Federal cumpriu mandados de prisão, busca e apreensão na segunda fase de repressão ao tráfico...

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

TAGS

+ VISTOS