Quer receber as principais Notícias de Indaiatuba e região pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.
(foto: José Cruz/Agência Brasil)(foto: José Cruz/Agência Brasil)

 

“Faltou interesse da União Europeia para fechar o acordo. O Mercosul estava sempre muito propositivo nas últimas reuniões”, disse Jorge, nesta quinta-feira (20/12), em encontro com jornalistas na sede da pasta. Para ele, do lado dos países do bloco sul-americano, estava preparado para fechar o acordo neste fim de ano.“A estrutura do acordo está pronto e, agora, qualquer avanço vai depender da vontade política (dos governantes)”, disse, reconhecendo que há temas sensíveis dos dois lados, como o setor agrícola, que para alguns especialistas acabou ficando pior do que as propostas anteriores para os brasileiros. “Nossos negociadores e as demais equipes que cuidam da parte agrícola sempre tiveram em mente a abertura, buscando um acordo equilibrado. Acredito que que dimensionamos um acordo equilibrado”, disse.
Ao fazer um balanço sobre o comércio de 2018, o ministro destacou que houve avanços na área comercial, pois o fluxo de comércio cresceu 14% e a balança deverá fechar o ano com um superavit comercial em torno de US$ 55 bilhões. Contudo, ele evitou fazer projeções para 2019.  “Minha expectativa é que o Brasil continue aumentando o fluxo de comércio, aumentando as exportações e as importações”, disse ele, acrescentando que os embarques este ano registraram crescimento de 9,9% no acumulado do ano até semana passada. 
“2018 foi muito positivo. A OMC (Organização Mundial de Comércio) fez um levantamento e apontou o Brasil como o país que mais adotou medidas de facilitação de comércio no mundo. Uma em cada dez dessas medidas foram adotadas pelo Brasil”, afirmou Jorge, lembrando que, a implementação do Portal Único de exportação contribuiu para esse dado, uma vez que o tempo médio das operações de embarques passaram de 13 dias para 6,4 dias. A fase para importação deverá estar concluída em “meados de 2020”, de acordo com o ministro. Ele contou também que a pasta vem trabalhado para reduzir processos burocráticos no Instituo Nacional de Propriedade Industrial (INPI). O prazo de registro de marcas passou de 36 meses para 12 meses nesses dois anos e o número de estoques de pedidos acumulados de patentes foi reduzido em 14% entre 2d016 e 2018, para 207 mil. 
Jorge lembrou ainda que o programa Rota 2030, já começou a surtir efeito, com o recente anúncio da japonesa Toyota em produzir na planta de Indaiatuba (SP) o primeiro veículo híbrido com motor flex do mundo.
Para o ministro, a continuidade das negociações e acordos comerciais pelo novo governo é fundamental para ampliação desse fluxo entre países, e, nesse sentido, os acordos do Mercosul com o Canadá e a Associação Europeia de Livre Comércio (EFTA), são os que estão mais avançados e precisam ser continuados.

Receba as “Notícias De Indaiatuba’ no Seu WhatsApp Os leitores que solicitarem o serviço gratuito irão receber, direto nos seus aplicativos, as principais notícias do dia. Estar sempre conectado aos aplicativos de mensagens instantâneas, como o WhatsApp, não significa estar desinformado. Com o Notícias de Indaiatuba, você pode receber diariamente as principais notícias do dia no seu celular. Para participar, basta adicionar nos seus contatos o número (19) 98122-4163 e enviar uma mensagem pelo WhatsApp, enviando a palavra “Notícias de Indaiatuba” (quem já é adepto do serviço continuará recebendo as notícias pelo número divulgado anteriormente). O esquema de envio será via lista de transmissão. Isso significa que os leitores que optarem por receber o conteúdo só serão notificados pelo Notícias de Indaiatuba, que administra o grupo.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias
Comentários estão fechados.

Leia também

7 drinques para você impressionar seus convidados

Para você que deseja variar o cardápio de bebidas da comemoração, separamos três opçõ…