O governador João Doria (PSDB) assinou nesta quinta-feira (10), em Jundiaí, autorização de início à modernização de estradas vicinais na região, com investimentos de R$ 119 milhões em recursos estaduais. As obras fazem parte do programa “Novas Estradas Vicinais”, que somente na etapa inicial vai recuperar 1.563 quilômetros de vias em todo o estado e gerar 15 mil empregos em várias regiões. Das 15 estradas incluídas no pacote de melhorias, seis delas estão em cidades da RMC (Região Metropolitana de Campinas) – entre elas a estrada Mineko Ito, em Sumaré, a vicinal Constante Pavan, em Paulínia, e a ligação entre Monte Mor e Campinas/Viracopos.

“A recuperação da economia também passa por obras e investimentos. São Paulo é o único estado do Brasil que está fazendo investimentos consistentes em infraestrutura”, afirmou o governador. “Hoje lançamos a contratação de obras para estradas vicinais da região. Isso organiza a vida das pessoas, a distribuição, a produção, a logística, o direito de ir e vir e as facilidades para as pessoas que se deslocam a trabalho, estudo, razões de ordem pessoal ou religiosa, tratamento médico ou lazer”, acrescentou Doria.

Não foram divulgadas informações relativas ao prazo para início efetivo de cada obra.

SUMARÉ

Entre as vicinais incluídas no pacote, está a recuperação da Estrada Mineko Ito, mais conhecida como Estrada do Barreiro, na região de Nova Veneza, em Sumaré. São 4,3 quilômetros de extensão da via, que liga a Avenida da Amizade até a Estrada Municipal Valêncio Calegari – na altura com a Honda Automóveis. O investimento é na ordem de mais de R$ 3 milhões, segundo informou nesta quinta-feira (10) o deputado estadual Dirceu Dalben (PL).

“A Estrada do Barreiro é uma importante rota de ligação entre Sumaré e Hortolândia, além de ser uma região com muitas empresas e grande circulação de caminhões. A recuperação de toda a sua extensão, com asfalto novo, sinalização de trânsito e demais modernização necessárias, vai proporcionar melhores condições tanto para o escoamento da produção local quanto para os moradores da região, sobretudo com mais fluidez e segurança no trânsito”, destacou Dalben, que intermediou o pedido da obra na Assembleia.

CAMPINAS

Outra obra incluída no pacote anunciado por Doria nesta quinta é a modernização da Estrada do Rio Acima, que liga Monte Mor ao Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas. O trecho, que tem início na SP-101, em Monte Mor, segue por uma área rural em Campinas até alcançar a Estrada do Friburgo e chegar a Viracopos, em uma extensão de 21,1 quilômetros. O investimento será de R$ 12,16 milhões, segundo a Prefeitura de Campinas.

O prefeito de Campinas, Dário Saadi (Republicanos), ressaltou a importância da pavimentação dessa ligação, uma vez que, além de melhorar as condições de mobilidade na região e a circulação de produtos, a estrada poderá se tornar uma via alternativa de acesso ao aeroporto, que hoje é feito Rodovia Santos Dumont.

NO ESTADO

Nesta etapa inicial do “Novas Estradas Vicinais”, o investimento em todo o estado será de R$ 1,2 bilhão em obras licitadas pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem), que vão gerar cerca de 15 mil empregos entre vagas diretas e indiretas.

“Este programa dá início à nova matriz logística de São Paulo, pois melhora o transporte da produção agrícola ao seu destino por rodovias. Isto significa mais desenvolvimento econômico e qualidade de vida para a população”, afirmou o Secretário de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto.

Em todo o estado, a primeira fase do programa vai promover obras e serviços em 139 vicinais, divididas em 111 lotes de melhorias. Até o final de junho, o Governo de São Paulo vai anunciar as vicinais beneficiadas na segunda fase do programa.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias
Comentários estão fechados.

Leia também

Burguer King aproveita ação do Rappi e dá Whopper grátis para quem aparecesse com fritas do Méqui

O Burger King decidiu entrar na brincadeira e aproveitar a ação do Rappi para anuncia…