Disponibilização do conteúdo virtual faz parte do #SPCDdigital e pode ser conferida em todas as redes sociais da instituição

A São Paulo Companhia de Dança (SPCD), corpo artístico da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, dirigida por Inês Bogéa, divulga a programação de atividades online de sua campanha #SPCDdigital até o 15 de maio.

A partir do próximo dia 8 de maio, o público poderá conferir a íntegra da transmissão de Polígono Revisitado, criado por Alessio Silvestrin em 2009, em uma versão revisitada da primeira coreografia criada para a Companhia, em 2008.

Assinada pelo próprio coreógrafo italiano, a nova versão ganhou uma duração menor e mais intensa e une a técnica clássica à linguagem contemporânea, e a construção da cena ganha perspectiva no palco construído pelo cenário de painéis e tules.

Este espetáculo ficará disponível, gratuitamente, para visualização sob demanda por 15 dias. Ao fim do período, uma nova criação entrará em cartaz, sempre às sextas-feiras.

Adaptando o programa educativo Palestras de Dança para o mundo virtual, a ação #SPCDdigital passa a disponibilizar os conteúdos da atividade para os profissionais ligados à arte. As palestras relacionam a dança com outras áreas do conhecimento e ressaltam como ela pode ser utilizada como elemento educativo e sensibilizador.

Com a volta dos bailarinos do período de férias, o bate-papo virtual pelo Instagram da São Paulo Companhia de Dança será comandado por Milton Coatti, professor ensaiador da SPCD, que irá comentar trechos de Mira, obra coreografada por ele em 2018.

Desenvolvida sob a ideia de visualização em 360º e realidade virtual (VR), o trabalho procura traduzir em movimento as questões que assolam o ser humano. Durante a live, Milton divide a tela com Otávio Portela, bailarino da Companhia que esteve presente na criação da obra e ambos irão responder a perguntas do público virtual.

A campanha #SPCDdigital pode ser conferida em todas as redes sociais da SPCD: Facebook (@spciadedanca), Instagram (@saopaulociadedanca), Twitter (@spciadedanca) e YouTube (São Paulo Companhia de Dança).

A iniciativa se soma à ação #CulturaEmCasa, criada pelo Governo do Estado de São Paulo em enfrentamento à disseminação do novo coronavírus (COVID-19), para oferecer diferentes conteúdos ligados à difusão da dança no meio virtual, estimulando a permanência das pessoas em seus lares dialogando com a arte.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Cultura
Comentários estão fechados.

Leia também

AB Colinas atendeu quase 19 mil caminhoneiros durante a pandemia do COVID-19

Thursday, July 2, 2020 A AB Colinas, concessionária do Programa de Concessões Rodoviárias …