Facebook

Twitter

WhatsApp

Email

Leandro Torres

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) apontou 95 obras paradas ou atrasadas em toda a Região Metropolitana de Campinas. São R$ 328,4 milhões que estão em jogo e que a população já pagou por meio de impostos mas tudo continua como antes.

Os dados coletados referem-se até o dia 30 de setembro último. A Cidade de Campinas tem 14 obras que estão paradas e 3 que seguem andando a passos de tartaruga e estão atrasadas. Do total, 11 são de responsabilidade da Prefeitura e 6 do Governo do Estado.

Algumas das obras nessas condições são o Centro de Educação Infantil do Jardim Maria Rosa, que está parada, e a ampliação do posto de saúde do Jardim Capivari, que está atrasado.

Outra cidade da região que está com obras em condições precárias é Americana, que tem 16 paradas e 1 atrasada. Holambra tem 11 atrasadas e 1 parada. Monte Mor tem 7 atrasadas e 1 parada. Hortolândia tem apenas duas atrasadas. As cidades de Engenheiro Coelho, Indaiatuba, Jaguariúna e Pedreira estão com todas as obras em dia.

Da Redação ODC.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias
Comentários estão fechados.

Leia também

Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo em adultos começa na segunda-feira (18)

Notícias Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo em adultos começa na segunda-feir…