Connect with us

Região

Aeroporto de Viracopos volta a crescer no movimento de cargas em maio, com +7,7% sobre abril

Artigo

em

Boeing 747 cargueiro pousando em Viracopos




O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), voltou a registrar dados positivos na variação mensal da movimentação de carga aérea no mês de maio, após uma retração apresentada em abril deste ano.

LEIA TAMBÉM

Segundo dados divulgados hoje pela concessionária Aeroporto Brasil Viracopos, foram processadas 30,6 mil toneladas de carga em maio de 2021, contra 28,4 mil em abril, uma melhora de 7,7% no movimento mensal. Com o desempenho, o aeroporto volta a se aproximar de seu recorde de 30,9 mil toneladas registrado em março deste ano.

Quando comparado ao mesmo mês do ano passado, em meio aos fortes impactos negativos do início da pandemia, a diferença neste último mês de maio foi uma alta de 51% no total da carga movimenta, que havia sido de 20,3 mil toneladas em 2020.

O resultado positivo foi alavancado mais uma vez por altas nos setores de importação, exportação, remessas expressas (courier) e cargas nacionais. Entre os segmentos em destaque estão o farmacêutico, químico, metalmecânico, vestuário, calçados, frutas, autopeças, tecnologia, automotivo, papelaria, entre outros diversos.

Já no acumulado dos primeiros cinco meses deste ano, a alta total em relação ao ano passado foi de 55,2%, com 138,7 mil toneladas embarcadas ou desembarcadas ante 89,3 mil toneladas entre janeiro e maio de 2020.




Importação e Exportação

Na importação, a alta de carga movimentada no Terminal de Carga de Viracopos foi de 36,7%, com 12,3 mil toneladas de maio de 2021 ante 9,04 mil toneladas no mesmo mês do ano passado. 

Já no acumulado dos cinco meses do ano, a importação teve alta de 34%, com um total de 59,5 mil toneladas que chegaram ao país por Viracopos entre janeiro e maio de 2021.

Na exportação, a alta foi de 23,8% em maio na comparação com o mesmo mês de 2020. Foram 9,3 mil toneladas exportadas ante 7,5 mil toneladas de maio do ano passado.  

No acumulado dos cinco primeiros meses de 2021, a alta nas exportações chegou a 31,7% em relação ao mesmo período do ano passado (janeiro a maio). No total, deixaram o Brasil pelo Terminal de Carga de Viracopos, entre janeiro e maio, 38,9 mil toneladas de carga.

Carga Doméstica

As cargas domésticas (nacionais) tiveram alta de 180,1% no acumulado dos cinco primeiros meses deste ano. Foram transportadas via Viracopos 37,6 mil toneladas ante 13,4 mil toneladas de janeiro a maio de 2020.

Considerando apenas o mês de maio de 2021, foram embarcadas ou desembarcadas 8,4 mil toneladas ante 3,3 mil de maio do ano passado.




Remessas Expressas

As cargas de remessas expressas (courier), somadas as importações e exportações, tiveram alta de 30,1% no mês de maio em relação ao mesmo mês de 2020. Foram 519 quilos transportados por Viracopos contra 399 de maio do ano passado.    

Já no acumulado dos cinco primeiros meses de 2021, o crescimento foi de 33,9%, com um total de 2,6 mil toneladas de remessas expressas, exportadas ou importadas, por meio do Terminal de Carga de Viracopos.

Informações da Aeroportos Brasil Viracopos

PUBLICIDADE

Região

Luzes do PAPI do Aeroporto de Viracopos se destacam em noite chuvosa; entenda como funciona

Artigo

em

Por

Cena de um dos vídeos apresentados nesta matéria




A noite desta última terça-feira, 9 de agosto, foi marcada por chuvas na região de Campinas (SP), cidade onde fica o Aeroporto Internacional de Viracopos, e como consequência, a alta umidade do ar resultou em bonitas cenas geradas pela iluminação do aeródromo.

LEIA TAMBÉM

Conforme o vídeo apresentado abaixo, captado pela câmera ao vivo do canal “Golf Oscar Romeo” no YouTube, após a decolagem de um Airbus A330neo da Azul, os feixes de luz do PAPI de Viracopos se destacaram na noite chuvosa, permitindo notar a lógica de funcionamento do sistema.

Na gravação, depois que o A330neo decola e a câmera retorna para o começo da pista, observe os dois conjuntos de luzes – um conjunto de cada lado da pista – e note que há uma diferença de coloração em todos os oito feixes.

Eles são todos brancos na parte de cima e são vermelhos na parte inferior. Depois, abaixo do vídeo, confira uma explicação sobre como funciona este sistema, que auxilia os pilotos a seguirem o ângulo correto de aproximação para pouso.




As luzes que “mudam de cor” ao lado da pista

Antes da explicação efetiva sobre as luzes, a seguir está a sugestão de mais um vídeo, em que, logo nos segundos iniciais, conforme um drone ganha altura filmando as luzes do PAPI, nota-se que elas estão todas vermelhas e vão então “mudando de cor” uma a uma, até todas ficarem brancas:

Essa alteração de cor das luzes não significa que elas realmente mudaram de cor, mas apenas que o piloto (ou a câmera) deixou de ver o feixe de luz vermelha e passou a ver o de luz branca, já que as duas luzes estão acesas ao mesmo tempo, mas com o feixe branco mais acima do vermelho (como visto na dupla coloração na gravação de Viracopos).

Este é um auxílio visual de precisão para que o piloto saiba se: está fazendo uma descida correta até a pista; ou se está mais alto do que a trajetória ideal; ou se está mais baixo. PAPI significa, na sigla em inglês, Indicador de Trajetória de Aproximação de Precisão.

Funciona assim: cada um dos quatro “canhões” de luzes (todos compostos pela dupla de luz branca acima e luz abaixo) tem um ângulo diferente em relação ao solo, com cada um apontando cada vez mais para cima que o do lado (na gravação de Viracopos também é possível notar cada feixe de luz com ângulo levemente diferente do outro).

Dessa forma, se a aeronave estiver acima do ângulo de um canhão, o piloto verá apenas o feixe da luz branca. Se estiver abaixo do ângulo, ele verá apenas o feixe vermelho. Assim, os canhões são posicionados em ângulos que garantem que o piloto veja dois feixes brancos e dois vermelhos quando estiver descendo na posição correta.

Se ele deixar o avião muito alto, sua visão ficará acima dos ângulos de todos os canhões e ele verá todas as luzes brancas. Se deixar muito baixo, ficará abaixo dos ângulos de todos e verá todas as luzes vermelhas.




Continue lendo

Destaque

Jovem é preso com tijolos de maconha dentro de mala no Aeroporto de Viracopos

Artigo

em

Por

A Receita Federal encontrou e apreendeu 15 quilos de maconha dentro de uma mala no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP). A operação, com a participação da polícia, foi realizada na noite desta quarta-feira (10).

Durante o processo de verificação da bagagem, dois cães farejadores indicaram que um deles estava com drogas. No total, foram encontrados 13 pedaços de maconha.

LEIA TAMBÉM

O passageiro responsável pela mala, um jovem de 21 anos que havia acabado de desembarcar de Manaus, foi preso por suspeita de tráfico de drogas e levado para uma delegacia. As drogas foram apreendidas.

Continue lendo

Região

Relicitação de Viracopos: entenda o que ainda falta para o aeroporto ter um novo leilão

Artigo

em

Por

LEIA TAMBÉM

Área do Aeroporto de Viracopos, em Campinas — Foto: Fernanda Sunega / PMC

Um ano depois da conclusão dos estudos de viabilidade e da autorização do edital para a relicitação do Aeroporto Internacional de Viracopos, o processo se mantém, desde março, no Tribunal de Contas da União (TCU) e aguarda os próximos passos para avançar. Mesmo há cinco meses sem uma movimentação significativa, o governo federal ainda mantém a esperança do leilão para este ano.

O g1, que acompanha o processo de relicitação do terminal em Campinas desde a primeira manifestação de devolução da concessão, na metade de 2017, lista, item por item, o que ainda falta para que o aeroporto tenha um novo leilão e um novo administrador. Veja abaixo.

Cálculo de indenização

Este é o principal impasse. Em junho, o ministro relator do processo no TCU, Vital do Rêgo, solicitou à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) um cálculo de indenização, que vai definir o valor que será pago ao atual concessionário e quem vai fazer esse acerto. Ele é o grande impasse colocado pela Aeroportos Brasil Viracopos, que administra a estrutura, durante o processo de relicitação.

A Aeroportos Brasil se apega a um decreto de arbitragem, ou seja, uma medida extrajudicial independente para definir regras sobre as indenizações pelos investimentos realizados, além de descumprimentos de contrato pelo governo federal, segundo a concessionária. A concessão, assinada em 2012, tinha duração de 30 anos.

O que falta?

  • Votação do edital no TCU
  • Aprovação pelo TCU
  • Publicação do edital do novo leilão
  • Propostas das empresas
  • Leilão

A relicitação é a esperança da atual concessionária, que administra a estrutura desde 2012, para solucionar a crise econômica que gerou uma dívida de R$ 2,88 bilhões. O terminal foi o primeiro do Brasil a solicitar a devolução da concessão. O Aeroporto de Natal, em São Gonçalo do Amarante (RN), também passa pelo processo.

Estudos de viabilidade

De acordo com os estudos de viabilidade, o novo contrato para administração de Viracopos terá duração de 30 anos, investimentos de R$ 4,2 bilhões, valor total de R$ 13,4 bilhões, construção de segunda pista e o fim das necessidades de desapropriações de áreas para que o complexo aeroportuário seja expandido. O g1 explicou as principais mudanças em quatro pontos principais. Veja aqui.

A relicitação

O último plano de recuperação judicial do aeroporto foi protocolado à Justiça no dia 12 de dezembro de 2019. Desta data até o dia da aprovação, em fevereiro de 2020, Viracopos e os principais credores, entre eles a Anac e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), se reuniram para tentar chegar a um acordo e definiram que a proposta seria votada na assembleia desde que Viracopos aceitasse a relicitação.

Depois de aceita em assembleia, a recuperação judicial de Viracopos foi encerrada pela Justiça no dia 10 de dezembro de 2020. A partir disso, começou o processo de relicitação. Em agosto do ano passado, a Anac aprovou o edital da relicitação.

A concessionária já havia sinalizado a intenção de devolver a concessão em julho de 2017, mas emperrou na lei 13.448/2017, que regulamenta as relicitações de concessões aeroportuárias, ferroviárias e rodoviários do Brasil e só teve o decreto publicado em agosto de 2019.

A crise de Viracopos se agravou na metade de 2017, quando manifestou o interesse da relicitação, mas, por conta da não regulamentação da lei, apostou na recuperação judicial para solucionar a crise. A Aeroportos Brasil protocolou o pedido em 7 de maio de 2018 na 8ª Vara Cível de Campinas. Viracopos também foi o primeiro aeroporto do Brasil a pedir recuperação.

O aeroporto sempre brigou por reequilíbrios no contrato de concessão por parte da Anac. De acordo com a concessionária, a agência descumpriu itens que contribuíram para a perda de receita da estrutura.

Entre os pedidos de Viracopos, estão o valor de reposição das cargas em perdimento – que entram no terminal e ficam paradas por algum motivo -, além da desapropriação de áreas para construção de empreendimentos imobiliários, um dos principais motivos apontados pela concessionária para a crise financeira, e um desacordo no preço da tarifa teca-teca, que é a valorização de cargas internacionais que chegam no aeroporto e vão para outros terminais.

A Infraero detém 49% das ações de Viracopos. Os outros 51% são divididos entre a UTC Participações (48,12%), Triunfo Participações (48,12%) e Egis (3,76%), que formam a concessionária. Os investimentos realizados pela Infraero correspondem a R$ 777,3 milhões.

Vista aérea do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas — Foto: Ricardo Lima/Divulgação

VÍDEOS: saiba tudo sobre Campinas e Região

Continue lendo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Destaque

DestaqueAtualizado há 13 horas

Prefeitura dá andamento às obras do Ecoponto de Inertes e urbanização de praça no Eldorado

DestaqueAtualizado há 13 horas

Jovem é preso com tijolos de maconha dentro de mala no Aeroporto de Viracopos

A Receita Federal encontrou e apreendeu 15 quilos de maconha dentro de uma mala no Aeroporto Internacional de Viracopos, em...

DestaqueAtualizado há 1 dia

Polo Shopping recebe Festival da Costelada + Chopp + Churros e Brigadeiro com entrada gratuita; veja programação

Vai rolar mais um festival gastronômico incrível aqui no Polo Shopping! O FESTIVAL COSTELADA + CHURROS E BRIGADEIRO acontece de...

DestaqueAtualizado há 1 dia

Piscina voadora atinge caminhão na rodovia Santos Dumont

Ventos fortes na tarde desta quarta-feira (10) causaram um raro acidente na rodovia Santos Dumont, no km 68, próximo ao...

DestaqueAtualizado há 1 dia

Polo Shopping terá passeio de balão gratuito para a Promoção Dia dos Pais Divertido

Clientes que comprarem nas lojas do Shopping poderão ganhar prêmios como um voo cativo de balão de ar quente O...

DestaqueAtualizado há 1 dia

Escola de Música da Sinfônica tem vagas para cursos de violino, violoncelo e contrabaixo acústico

Não é preciso ter experiência ou o instrumento escolhido para participar; inscrição é online 10/08/2022 11:35h LEIA TAMBÉM Luzes do...

DestaqueAtualizado há 2 dias

Secretaria de Serviços Urbanos faz revitalização de área de lazer no Jardim Itamaracá

DestaqueAtualizado há 2 dias

Orquestra Sinfônica de Indaiatuba apresenta obras de Mozart e Grieg em concerto gratuito

Em sessão única, apresentação com naipe de cordas acontece no dia 13, na Sala Acrísio de Camargo 10/08/2022 09:07h LEIA...

DestaqueAtualizado há 2 dias

Saae beneficia 844 famílias com tarifa social e isenção por doenças graves

Programa social oferece desconto na tarifa para pessoas em estado de vulnerabilidade social 10/08/2022 08:52h LEIA TAMBÉM Luzes do PAPI...

DestaqueAtualizado há 2 dias

Esporte abre inscrições para novas vagas do Departamento de Lazer no Complexo da Cecap

Interessados devem ter mais de 16 anos e comparecer ao novo polo no dia 19 de agosto, das 9h às...

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

TAGS

+ VISTOS