Connect with us
gb1673944ad1d907e23eab11827fbbb96b0261c157249c4cf30c2e98ab1381bf83e4fcd557f398b6f2cb810f0e8f9bb7852f37f55390b37a7e784591de3a52f60 1280 gb1673944ad1d907e23eab11827fbbb96b0261c157249c4cf30c2e98ab1381bf83e4fcd557f398b6f2cb810f0e8f9bb7852f37f55390b37a7e784591de3a52f60 1280

Cabreúva

A História de Pedro Henrique – Uma Jornada por Justiça

Published

on

Introdução

A história de Pedro Henrique, um trabalhador da construção civil de Cabreúva, que passou 170 dias atrás das grades antes de ser absolvido pelo Supremo Tribunal Federal (STJ), continua a repercutir na cidade. Pedro foi acusado e condenado (em primeira instância) por um assalto a um restaurante em 13 de fevereiro de 2015. O esforço de seu advogado e familiares em comprovar sua inocência foi crucial para a reversão do quadro.

Alexandre Araujo, advogado de Pedro Henrique

📢 Fique sempre informado! 📰👀 👉 Junte-se à nossa Comunidade no WhatsApp do Notícias de Indaiatuba e receba, gratuitamente, as últimas novidades e oportunidades de emprego. 💼 grupo whatsapp e1691555347905

A Acusação

Pedro Henrique foi acusado de assaltar um restaurante. A acusação se baseava em evidências circunstanciais, mas a defesa de Pedro estava determinada a provar que ele não estava no local do crime na hora em que ocorreu.

As Provas

O advogado de Pedro, Alexandre Araujo, conseguiu reunir provas decisivas para a absolvição de seu cliente. Imagens de uma câmera de segurança de uma agência bancária mostravam Pedro no momento em que o crime estava sendo registrado, a cerca de 10 quilômetros de distância.

Advertisement

Imagem de Pedro Henrique abastecendo a sua moto

Outro vídeo mostrava Pedro passando com sua moto em frente a um condomínio na cidade. As imagens registravam tanto a ida quanto o retorno dele.

A Defesa

A defesa também apresentou à Corte um comprovante de abastecimento de um posto de combustíveis, bem como o comprovante de saque do banco onde Pedro estava. Imagens também mostraram o momento em que ele estava abastecendo.

Advertisement

A Reviravolta

Com a apresentação dessas provas, a acusação de que Pedro estava na cena do crime foi derrubada.

A Absolvição

Pedro Henrique foi, então, absolvido pelo Supremo Tribunal Federal (STJ), após 170 dias de prisão.

A Busca por Reparação

Pedro agora busca reparação pelos danos causados pela prisão ilegal. O processo está em fase de instrução ou coleta de provas. Não há um prazo definido para a conclusão, de acordo com seu advogado.

Advertisement

A Decisão Final

A decisão do STJ é definitiva e não cabe mais recurso. Caso contrário, Pedro poderia ter ficado preso por mais tempo, considerando que foi condenado em primeira instância a seis anos, dez meses e 15 dias de reclusão.

Conclusão

A história de Pedro Henrique é um lembrete poderoso da importância do devido processo legal e da presunção de inocência. Ele teve a sorte de ter uma defesa capaz e comprometida que foi capaz de reunir as provas necessárias para provar sua inocência. No entanto, o caso também levanta questões sobre as falhas em nosso sistema jurídico que permitiram que um homem inocente fosse preso por um crime que ele não cometeu.

Para informações adicionais, acesse o site

Advertisement

Advertisement
Advertisement
Advertisement
Advertisement
Advertisement
Advertisement