Fabrica de álcool em gel em Atibaia — Foto: Lucas Rangel/TV VanguardaFabrica de álcool em gel em Atibaia — Foto: Lucas Rangel/TV Vanguarda

Fabrica de álcool em gel em Atibaia — Foto: Lucas Rangel/TV Vanguarda

Para tentar abastecer as prateleiras na mesma frequência em que cresce a procura, duas fábricas de Atibaia e Piracaia aumentaram – e muito – a produção de álcool em gel.

Uma das principais formas de higienização das mãos na prevenção ao coronavírus (Covid-19), o produto teve um salto na produção: em uma das empresas, a quantidade antes produzida em um mês, passou a ser feita em um dia.

Em Atibaia, uma empresa de cosméticos deixou toda a produção exclusiva para álcool em gel e passou a produzir em um dia 1,5 mil galões, de 5 litros cada, e mais de 1 mil garrafas de 2 litros. Oito funcionários também foram contratados para atender a alta demanda.

“O telefone não para de tocar, muitas pessoas procurando pela internet. Nós temos nos desdobrado, trabalhando dois turnos por dia. A fábrica está trabalhando 18 horas todos os dias para conseguir atender essa demanda absurda”, disse o proprietário da fábrica, Kaike Doratiotto.

Fábrica de álcool em gel aumenta produção e contrata funcionários para atender demanda

Fábrica de álcool em gel aumenta produção e contrata funcionários para atender demanda

Já em uma fábrica de Piracaia, a produção de álcool gel mais que triplicou. A média de produção, que era de cerca de 40 mil frascos por dia, a partir desta semana passa para 150 mil unidades.

Segundo o dono da empresa, Wesley Leal de Castro, esse aumento foi possível graças a parcerias com outras empresas de cosméticos do município. Além disso, 30 funcionários temporários serão contratados, totalizando 85 pessoas na linha de produção de álcool em gel.

“Começamos atendendo, primeiramente, a cidade. Depois, ampliamos para municípios vizinhos e agora também estamos atendendo a polícia, asilos, empresas de ônibus. Vamos trabalhar 24 horas por dia até essa crise passar ou acabar a nossa matéria-prima”, afirmou Castro.

A matéria-prima para a produção do álcool em gel, é algo que os fabricantes têm tido dificuldade para encontrar neste período. O carbopol, que transforma o álcool em gel, é um produto importado e disputado entre fabricantes.

Na última semana, o Ministério da Economia zerou a alíquota do imposto de importação sobre 50 produtos médicos e hospitalares necessários ao combate à pandemia, entre eles, está o álcool em gel. A medida vale até o fim de setembro.

Produção de álcool em gel em Atibaia — Foto: Lucas Rangel/TV VanguardaProdução de álcool em gel em Atibaia — Foto: Lucas Rangel/TV Vanguarda

Produção de álcool em gel em Atibaia — Foto: Lucas Rangel/TV Vanguarda

CORONAVÍRUS

Receba as “Notícias De Indaiatuba’ no Seu WhatsApp Os leitores que solicitarem o serviço gratuito irão receber, direto nos seus aplicativos, as principais notícias do dia. Estar sempre conectado aos aplicativos de mensagens instantâneas, como o WhatsApp, não significa estar desinformado. Com o Notícias de Indaiatuba, você pode receber diariamente as principais notícias do dia no seu celular. Para participar, basta adicionar nos seus contatos o número (19) 98122-4163 e enviar uma mensagem pelo WhatsApp, enviando a palavra “Notícias de Indaiatuba” (quem já é adepto do serviço continuará recebendo as notícias pelo número divulgado anteriormente). O esquema de envio será via lista de transmissão. Isso significa que os leitores que optarem por receber o conteúdo só serão notificados pelo Notícias de Indaiatuba, que administra o grupo.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Região
Comentários estão fechados.

Leia também

Pepsi fará mega show virtual com transmissão global

Pepsi fará mega show virtual com transmissão global Por Alana Santos Para manter o pessoal…