Quer receber as principais Notícias de Indaiatuba e região pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.
Pesquisadores criam inseticida natural para combater o carrapato-estrela sem matar capivaras — Foto: Reprodução/TV TEMPesquisadores criam inseticida natural para combater o carrapato-estrela sem matar capivaras — Foto: Reprodução/TV TEM

Pesquisadores criam inseticida natural para combater o carrapato-estrela sem matar capivaras — Foto: Reprodução/TV TEM

Um inseticida natural já usado na agricultura pode ser uma solução para combater o carrapato-estrela nas áreas urbanas sem afetar as capivaras. O parasita é o transmissor da febre maculosa.

A pesquisa para o uso de fungos no controle do carrapato começou há um ano, depois que o Instituto Biológico de Campinas (SP) fez uma parceria com a Secretaria de Meio Ambiente de Salto (SP) e com uma empresa japonesa e um laboratório instalado na cidade.

Segundo a supervisora do laboratório, Renata Goós, os fungos usados pelos pesquisadores, o beauveria bassiana e o metarhizium, são extraídos de insetos encontrados na natureza, como a cigarrinha.

Depois de retirados, os fungos ficam isolados até que estejam fortes para se alimentarem de arroz. Depois de outro período de incubação, o material é peneirado e dá origem a um pó.

O material é misturado com água e pode ser aplicado diretamente em áreas de mata e vegetação próximas aos rios, onde estão as capivaras, hospedeiras do carrapato.

Inseticida natural pode ser solução para combater o carrapato-estrela nas áreas urbanas

Inseticida natural pode ser solução para combater o carrapato-estrela nas áreas urbanas

Paulo Henrique Sampaio é médico veterinário do Instituto Biológico de Campinas e garante que o experimento pode ser testado em áreas urbanas, pois não faz mal à saúde humana.

Os pesquisadores acreditam que, depois de aplicar o produto ondem vivem as capivaras, o carrapato seja infectado pelo fungo e leve de 15 a 30 dias para morrer, o que diminuiria a reprodução do transmissor da febre maculosa e preservaria as capivaras.

A arma biológica feita a partir dos fungos mata o carrapato, mas não agride as capivaras.

Segundo os pesquisadores, os primeiros testes laboratoriais já comprovaram a eficiência do experimento. No entanto, ainda não existe prazo para que o inseticida natural comece a ser aplicado nas áreas urbanas de Salto, mas os pesquisadores já estão em busca de uma autorização na Anvisa.

Para a Secretaria do Meio Ambiente, o produto desenvolvido com os fungos é uma forma sustentável de combater o carrapato-estrela.

Receba as “Notícias De Indaiatuba’ no Seu WhatsApp Os leitores que solicitarem o serviço gratuito irão receber, direto nos seus aplicativos, as principais notícias do dia. Estar sempre conectado aos aplicativos de mensagens instantâneas, como o WhatsApp, não significa estar desinformado. Com o Notícias de Indaiatuba, você pode receber diariamente as principais notícias do dia no seu celular. Para participar, basta adicionar nos seus contatos o número (19) 98122-4163 e enviar uma mensagem pelo WhatsApp, enviando a palavra “Notícias de Indaiatuba” (quem já é adepto do serviço continuará recebendo as notícias pelo número divulgado anteriormente). O esquema de envio será via lista de transmissão. Isso significa que os leitores que optarem por receber o conteúdo só serão notificados pelo Notícias de Indaiatuba, que administra o grupo.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Região
Comentários estão fechados.

Leia também

Polícia Civil de Campinas encontra desmanche clandestino e prende suspeito em Indaiatuba

Polícia Civil de Campinas encontra desmanche clandestino em Indaiatuba — Foto: Polícia Civ…