Connect with us

Região

Prêmio Viracopos de Excelência Logística chega à 9ª edição e confirma evento de premiação

Artigo

em

Viracopos
Foto: Viracopos

Reconhecido como um dos eventos mais importantes para o comércio exterior, o Prêmio Viracopos Excelência Logística chega à 9º edição no próximo dia 29 de novembro, na Casa de Campo do Hotel Royal Palm Plaza, em Campinas (SP).

O evento voltará a ser presencial neste ano, mas seguindo todos os protocolos sanitários previstos por conta da pandemia da Covid-19, tais como uso obrigatório de máscaras e de álcool em gel. Na edição passada, o Prêmio ocorreu de forma virtual.

LEIA TAMBÉM

Lançado no dia 28 de junho de 2013, o Prêmio Viracopos Excelência Logística tem como objetivo destacar a performance logística das empresas atuantes no comércio exterior pelo Terminal de Carga do Aeroporto Internacional de Viracopos.

Organizado pela concessionária Aeroportos Brasil Viracopos, o Prêmio reconhece e estimula a eficiência de empresas e de sua cadeia prestadora de serviços no comércio exterior. Neste ano, concorreram ao Prêmio Viracopos 134 Empresas Importadoras, 39 Agentes de Carga, 49 Comissárias de Despachos Aduaneiros, 57 Transportadores Rodoviários e 15 Companhias Aéreas. Também há premiações especiais para o Destaque Exportador e para o Destaque Despachante Aduaneiro.

Todas as 134 empresas importadoras concorrentes figuraram no Ranking de Eficiência Logística no período avaliado, que vai de agosto de 2020 a julho de 2021. Estas empresas disputaram premiação em 10 segmentos: Automotivo, Diversos, Farmacêutico, Metalmecânico, Regime Especial TC-1, Tecnologia e Regime Especial TC-6 para Automotivo, Diversos, Metalmecânico e Tecnologia.

Em sua 9ª edição, o Prêmio se consolida como um dos eventos mais importantes do Brasil na área de logística de cargas. A cadeia logística nacional deste setor já identifica na premiação uma oportunidade de ter a qualidade e a eficiência da empresa reconhecida pelo mercado.

A apuração dos resultados passa por auditoria externa independente e conta com o apoio do CIESP Campinas.

Via: Aeroporto de Viracopos 

PUBLICIDADE

Região

Luzes do PAPI do Aeroporto de Viracopos se destacam em noite chuvosa; entenda como funciona

Artigo

em

Por

Cena de um dos vídeos apresentados nesta matéria




A noite desta última terça-feira, 9 de agosto, foi marcada por chuvas na região de Campinas (SP), cidade onde fica o Aeroporto Internacional de Viracopos, e como consequência, a alta umidade do ar resultou em bonitas cenas geradas pela iluminação do aeródromo.

LEIA TAMBÉM

Conforme o vídeo apresentado abaixo, captado pela câmera ao vivo do canal “Golf Oscar Romeo” no YouTube, após a decolagem de um Airbus A330neo da Azul, os feixes de luz do PAPI de Viracopos se destacaram na noite chuvosa, permitindo notar a lógica de funcionamento do sistema.

Na gravação, depois que o A330neo decola e a câmera retorna para o começo da pista, observe os dois conjuntos de luzes – um conjunto de cada lado da pista – e note que há uma diferença de coloração em todos os oito feixes.

Eles são todos brancos na parte de cima e são vermelhos na parte inferior. Depois, abaixo do vídeo, confira uma explicação sobre como funciona este sistema, que auxilia os pilotos a seguirem o ângulo correto de aproximação para pouso.




As luzes que “mudam de cor” ao lado da pista

Antes da explicação efetiva sobre as luzes, a seguir está a sugestão de mais um vídeo, em que, logo nos segundos iniciais, conforme um drone ganha altura filmando as luzes do PAPI, nota-se que elas estão todas vermelhas e vão então “mudando de cor” uma a uma, até todas ficarem brancas:

Essa alteração de cor das luzes não significa que elas realmente mudaram de cor, mas apenas que o piloto (ou a câmera) deixou de ver o feixe de luz vermelha e passou a ver o de luz branca, já que as duas luzes estão acesas ao mesmo tempo, mas com o feixe branco mais acima do vermelho (como visto na dupla coloração na gravação de Viracopos).

Este é um auxílio visual de precisão para que o piloto saiba se: está fazendo uma descida correta até a pista; ou se está mais alto do que a trajetória ideal; ou se está mais baixo. PAPI significa, na sigla em inglês, Indicador de Trajetória de Aproximação de Precisão.

Funciona assim: cada um dos quatro “canhões” de luzes (todos compostos pela dupla de luz branca acima e luz abaixo) tem um ângulo diferente em relação ao solo, com cada um apontando cada vez mais para cima que o do lado (na gravação de Viracopos também é possível notar cada feixe de luz com ângulo levemente diferente do outro).

Dessa forma, se a aeronave estiver acima do ângulo de um canhão, o piloto verá apenas o feixe da luz branca. Se estiver abaixo do ângulo, ele verá apenas o feixe vermelho. Assim, os canhões são posicionados em ângulos que garantem que o piloto veja dois feixes brancos e dois vermelhos quando estiver descendo na posição correta.

Se ele deixar o avião muito alto, sua visão ficará acima dos ângulos de todos os canhões e ele verá todas as luzes brancas. Se deixar muito baixo, ficará abaixo dos ângulos de todos e verá todas as luzes vermelhas.




Continue lendo

Destaque

Jovem é preso com tijolos de maconha dentro de mala no Aeroporto de Viracopos

Artigo

em

Por

A Receita Federal encontrou e apreendeu 15 quilos de maconha dentro de uma mala no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP). A operação, com a participação da polícia, foi realizada na noite desta quarta-feira (10).

Durante o processo de verificação da bagagem, dois cães farejadores indicaram que um deles estava com drogas. No total, foram encontrados 13 pedaços de maconha.

LEIA TAMBÉM

O passageiro responsável pela mala, um jovem de 21 anos que havia acabado de desembarcar de Manaus, foi preso por suspeita de tráfico de drogas e levado para uma delegacia. As drogas foram apreendidas.

Continue lendo

Região

Relicitação de Viracopos: entenda o que ainda falta para o aeroporto ter um novo leilão

Artigo

em

Por

LEIA TAMBÉM

Área do Aeroporto de Viracopos, em Campinas — Foto: Fernanda Sunega / PMC

Um ano depois da conclusão dos estudos de viabilidade e da autorização do edital para a relicitação do Aeroporto Internacional de Viracopos, o processo se mantém, desde março, no Tribunal de Contas da União (TCU) e aguarda os próximos passos para avançar. Mesmo há cinco meses sem uma movimentação significativa, o governo federal ainda mantém a esperança do leilão para este ano.

O g1, que acompanha o processo de relicitação do terminal em Campinas desde a primeira manifestação de devolução da concessão, na metade de 2017, lista, item por item, o que ainda falta para que o aeroporto tenha um novo leilão e um novo administrador. Veja abaixo.

Cálculo de indenização

Este é o principal impasse. Em junho, o ministro relator do processo no TCU, Vital do Rêgo, solicitou à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) um cálculo de indenização, que vai definir o valor que será pago ao atual concessionário e quem vai fazer esse acerto. Ele é o grande impasse colocado pela Aeroportos Brasil Viracopos, que administra a estrutura, durante o processo de relicitação.

A Aeroportos Brasil se apega a um decreto de arbitragem, ou seja, uma medida extrajudicial independente para definir regras sobre as indenizações pelos investimentos realizados, além de descumprimentos de contrato pelo governo federal, segundo a concessionária. A concessão, assinada em 2012, tinha duração de 30 anos.

O que falta?

  • Votação do edital no TCU
  • Aprovação pelo TCU
  • Publicação do edital do novo leilão
  • Propostas das empresas
  • Leilão

A relicitação é a esperança da atual concessionária, que administra a estrutura desde 2012, para solucionar a crise econômica que gerou uma dívida de R$ 2,88 bilhões. O terminal foi o primeiro do Brasil a solicitar a devolução da concessão. O Aeroporto de Natal, em São Gonçalo do Amarante (RN), também passa pelo processo.

Estudos de viabilidade

De acordo com os estudos de viabilidade, o novo contrato para administração de Viracopos terá duração de 30 anos, investimentos de R$ 4,2 bilhões, valor total de R$ 13,4 bilhões, construção de segunda pista e o fim das necessidades de desapropriações de áreas para que o complexo aeroportuário seja expandido. O g1 explicou as principais mudanças em quatro pontos principais. Veja aqui.

A relicitação

O último plano de recuperação judicial do aeroporto foi protocolado à Justiça no dia 12 de dezembro de 2019. Desta data até o dia da aprovação, em fevereiro de 2020, Viracopos e os principais credores, entre eles a Anac e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), se reuniram para tentar chegar a um acordo e definiram que a proposta seria votada na assembleia desde que Viracopos aceitasse a relicitação.

Depois de aceita em assembleia, a recuperação judicial de Viracopos foi encerrada pela Justiça no dia 10 de dezembro de 2020. A partir disso, começou o processo de relicitação. Em agosto do ano passado, a Anac aprovou o edital da relicitação.

A concessionária já havia sinalizado a intenção de devolver a concessão em julho de 2017, mas emperrou na lei 13.448/2017, que regulamenta as relicitações de concessões aeroportuárias, ferroviárias e rodoviários do Brasil e só teve o decreto publicado em agosto de 2019.

A crise de Viracopos se agravou na metade de 2017, quando manifestou o interesse da relicitação, mas, por conta da não regulamentação da lei, apostou na recuperação judicial para solucionar a crise. A Aeroportos Brasil protocolou o pedido em 7 de maio de 2018 na 8ª Vara Cível de Campinas. Viracopos também foi o primeiro aeroporto do Brasil a pedir recuperação.

O aeroporto sempre brigou por reequilíbrios no contrato de concessão por parte da Anac. De acordo com a concessionária, a agência descumpriu itens que contribuíram para a perda de receita da estrutura.

Entre os pedidos de Viracopos, estão o valor de reposição das cargas em perdimento – que entram no terminal e ficam paradas por algum motivo -, além da desapropriação de áreas para construção de empreendimentos imobiliários, um dos principais motivos apontados pela concessionária para a crise financeira, e um desacordo no preço da tarifa teca-teca, que é a valorização de cargas internacionais que chegam no aeroporto e vão para outros terminais.

A Infraero detém 49% das ações de Viracopos. Os outros 51% são divididos entre a UTC Participações (48,12%), Triunfo Participações (48,12%) e Egis (3,76%), que formam a concessionária. Os investimentos realizados pela Infraero correspondem a R$ 777,3 milhões.

Vista aérea do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas — Foto: Ricardo Lima/Divulgação

VÍDEOS: saiba tudo sobre Campinas e Região

Continue lendo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Destaque

DestaqueAtualizado há 13 horas

Prefeitura dá andamento às obras do Ecoponto de Inertes e urbanização de praça no Eldorado

DestaqueAtualizado há 14 horas

Jovem é preso com tijolos de maconha dentro de mala no Aeroporto de Viracopos

A Receita Federal encontrou e apreendeu 15 quilos de maconha dentro de uma mala no Aeroporto Internacional de Viracopos, em...

DestaqueAtualizado há 1 dia

Polo Shopping recebe Festival da Costelada + Chopp + Churros e Brigadeiro com entrada gratuita; veja programação

Vai rolar mais um festival gastronômico incrível aqui no Polo Shopping! O FESTIVAL COSTELADA + CHURROS E BRIGADEIRO acontece de...

DestaqueAtualizado há 1 dia

Piscina voadora atinge caminhão na rodovia Santos Dumont

Ventos fortes na tarde desta quarta-feira (10) causaram um raro acidente na rodovia Santos Dumont, no km 68, próximo ao...

DestaqueAtualizado há 1 dia

Polo Shopping terá passeio de balão gratuito para a Promoção Dia dos Pais Divertido

Clientes que comprarem nas lojas do Shopping poderão ganhar prêmios como um voo cativo de balão de ar quente O...

DestaqueAtualizado há 1 dia

Escola de Música da Sinfônica tem vagas para cursos de violino, violoncelo e contrabaixo acústico

Não é preciso ter experiência ou o instrumento escolhido para participar; inscrição é online 10/08/2022 11:35h LEIA TAMBÉM Luzes do...

DestaqueAtualizado há 2 dias

Secretaria de Serviços Urbanos faz revitalização de área de lazer no Jardim Itamaracá

DestaqueAtualizado há 2 dias

Orquestra Sinfônica de Indaiatuba apresenta obras de Mozart e Grieg em concerto gratuito

Em sessão única, apresentação com naipe de cordas acontece no dia 13, na Sala Acrísio de Camargo 10/08/2022 09:07h LEIA...

DestaqueAtualizado há 2 dias

Saae beneficia 844 famílias com tarifa social e isenção por doenças graves

Programa social oferece desconto na tarifa para pessoas em estado de vulnerabilidade social 10/08/2022 08:52h LEIA TAMBÉM Luzes do PAPI...

DestaqueAtualizado há 2 dias

Esporte abre inscrições para novas vagas do Departamento de Lazer no Complexo da Cecap

Interessados devem ter mais de 16 anos e comparecer ao novo polo no dia 19 de agosto, das 9h às...

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

TAGS

+ VISTOS