O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, recebeu o certificado internacional de segurança em saúde pelo Airport Health Accreditation (Programa de Acreditação de Saúde Aeroportuária, em tradução livre) do Airports Council International (ACI), passando a fazer parte de um seleto grupo de 198 aeroportos que possuem essa certificação, no universo dos mais de 49 mil existentes no mundo. A iniciativa foi elaborada para ajudar a garantir ao público que viaja que as instalações do terminal permanecem seguras e que estão sendo tomadas todas as medidas de proteção sanitária contra a Covid-19 para reduzir qualquer risco à saúde dos passageiros.

O Airports Council International foi criado em 1991 e possui aeroportos associados em pelo menos 180 países. Viracopos faz parte do ACI desde o início da concessão, em 2013. A confirmação da certificação ocorreu por meio de uma carta enviada no final de 2020, ao diretor-presidente da concessionária Aeroportos Brasil Viracopos, Gustavo Müssnich. O documento é assinado pelo diretor-geral mundial do ACI, Luis Felipe de Oliveira. A certificação é válida por 12 meses.

“Este certificado reconhece o compromisso do seu aeroporto em priorizar medidas de saúde e segurança de acordo com as recomendações da Força-Tarefa de Reinício da Aviação do Conselho da ICAO (CART) e em alinhamento com as diretrizes ACI Aviation Business Restart and Recovery e ainda em conjunto com as melhores práticas do setor”, diz o texto do documento enviado.

Em mensagem à concessionária, o ACI diz ainda que Viracopos “mostrou que está fornecendo uma experiência de aeroporto segura para todos os viajantes, o que está de acordo com as medidas de saúde recomendadas estabelecidas nas diretrizes” tanto do ACI quanto da Força-tarefa de Recuperação da Aviação do Conselho da Organização Internacional da Aviação Civil (ICAO, em inglês).

Durante o processo, a equipe de Viracopos respondeu a um questionário do ACI sobre todas as etapas da jornada do passageiro e teve de seguir à risca as ações e recomendações da ICAO com base nas melhores práticas internacionais para o setor de aviação civil. Para completar a certificação, foram enviadas ao órgão evidências de cada ação realizada em cada etapa.

“Trata-se de uma conquista extremamente relevante para Viracopos em um ano de muitos desafios. A concessionária Aeroportos Brasil Viracopos está muito satisfeita com esse importante reconhecimento. Houve uma preparação intensa e eficiente que envolveu praticamente todas as áreas do aeroporto contra a COVID-19”, disse o diretor de operações de Viracopos, Marcelo Mota. “Além disso, devemos agradecer aos órgãos públicos presentes no aeroporto que trabalharam com muita eficiência e compromisso”, concluiu.

Escrito por:

Da Agência Anhanguera

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Região
Comentários estão fechados.

Leia também

Indaiatuba registra mais 115 casos positivos de Covid-19

A taxa de ocupação dos leitos de UTI é de 71% no Haoc e no Hospital Santa Ignês A Secretar…