Quer receber as principais Notícias de Indaiatuba e região pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.

Um caso sério e inesperado aconteceu com um menino que estava se divertindo em um dos brinquedos mais comuns e usados por crianças. Rebecca Jordan fez um comunicando com a finalidade de alertar outros pais depois que seu filho ficou com problemas sérios ao brincar em um balanço que permite não só balançar, mas também que a criança gire.

Ele estava brincando com seus amigos e pediu para que eles o girassem com bastante força. O menino ficou girando por um longo período e logo após isso acabou desmaiando. Depois que ele acordou, foi notável que alguns vasos sanguíneos de sua cabeça e de seus olhos explodiram.

Os olhos da criança ficaram cheias de pontos vermelhos de sangue e a parte superior ficou bastante vermelha depois que esses vasos explodiram. Ela usou suas redes sociais para contar sua experiência e a notícia acabou viralizando com milhares de compartilhamentos.

Inicialmente ela disse que o filho dela adora ficar girando no balanço com a cabeça virada para trás. Ela revelou que ele estava com outras crianças e depois pediu para eles o girarem com bastante velocidade e foi quando aconteceu o pior.

“Enquanto ele girava com a cabeça para fora, a força do movimento fez com que muito sangue fosse para sua cabeça e então várias veias da cabeça e dos olhos explodiram por causa da pressão! Meu filho também desmaiou por alguns minutos! Assim que as outras crianças vieram me contar o que aconteceu, eu o levei para a emergência do hospital”, disse Rebecca.

Ela finaliza a publicação dizendo que isso os deixou mais alerta, mas que ela não quer causar pânico desnecessário em outros pais. Rebecca diz que ainda vai continuar deixando o menino se divertir no brinquedo, mas vai prestar atenção para ele não girar mais.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Saúde & Bem Estar
Comentários estão fechados.

Leia também

Com 1°C, Elias Fausto registra menor temperatura com massa de ar polar; veja ranking na região

Dados do Centro Integrado de Informações Agrometeorológicas (Ciiagro) do Instituto Agronôm…