A estabilidade no cenário epidemiológico da pandemia do novo coronavírus em Jundiaí com a sequência de reduções nos números de novos casos, óbitos e internações, possibilita à Prefeitura de Jundiaí, reorganizar os serviços criados exclusivamente para o atendimento às pessoas com ou suspeitas de Covid-19.

A partir de 1º de novembro, as portas exclusivas criadas nos Prontos Atendimentos (PAs) Retiro e Ponte São João (montado no prédio da UBS Rui Barbosa) serão desmobilizadas, voltando ao atendimento de urgências e emergências em demanda geral.

LEIA TAMBÉM

As pessoas com sintomas sugestivos do novo coronavírus continuam sendo atendidas no PA Central, UPA Vetor Oeste e no PA Exclusivo da Vila Hortolândia (prédio do Centro de Convivência do Idoso), além das Unidades Sentinelas do Anhangabaú, Clínica da Família Novo Horizonte e Jardim do Lago.

Desde o início da pandemia, Jundiaí, a partir do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus (CEC), tem implementado ações conforme o cenário epidemiológico. Durante o período de pico, houve aumento de 1.100% o número de leitos públicos no Hospital São Vicente de Paulo (HSV) exclusivos para o atendimento à Covid-19, além das criações dos espaços para o atendimento específico e precoce da população.

Com a inflexão dos casos, registrado a partir de setembro, a desmobilização se faz necessária. Em termos comparativos, entre o pico da pandemia, registrado na primeira semana de julho, quando eram registrados 137 casos novos dia, até a semana do dia 22 de outubro, quando 15 casos novos por dia foram registrados de acordo com as médias móveis respectivas, a queda foi de quase 90%.

“Por isso, a retomada gradativa dos serviços se faz necessária. A partir do dia 1º de novembro, o PA Retiro deixa de contar com área específica para Covid-19. E o espaço descentralizado do PA Ponte São João, implantado no prédio da UBS Rui Barbosa, que atendia exclusivamente casos suspeitos do novo coronavírus, também será desmobilizado. Tanto o PA Retiro quanto o Ponte São João continuam com o atendimento de demanda geral”, explica o coordenador técnico do CEC e gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) Tiago Texera.

Suspeitos Covid-19

Os atendimentos exclusivos para os casos suspeitos de Covid-19 continuam nas Unidades Sentinelas Jardim do Lago, Anhangabaú, Clínica da Família Novo Horizonte, UPA Vetor Oeste, Pronto Atendimento Central e Pronto Atendimento Exclusivo Hortolândia.

A consulta sobre locais para atendimento bem como demais informações sobra a pandemia em Jundiaí podem ser encontradas na página Coronavírus, no site da Prefeitura de Jundiaí.

Leia também:

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Saúde & Bem Estar
Comentários estão fechados.

Leia também

Taxa de ocupação dos leitos de UTI para Covid-19 alcança 70% em Jundiaí

Jundiaí não registrou mortes por Covid-19 nesta sexta-feira (27), porém ultrapassou a marc…