O feriado prolongado de Páscoa foi de emoção para Valéria Martins Copelli, que tomou a primeira dose da vacina Coronavac contra a Covid19. Chorando de alegria após receber o 0,5 ml do imunizante, ela comentou: “É o começo da salvação, uma proteção. Agradeço!”, disse a idosa que faz parte do grupo de pessoas com idade a partir de 68 anos que começou a receber a vacinação neste sábado (3).

A ação é realizada pela Prefeitura de Jundiaí, por meio da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde, em três diferente pontos de vacinação, nos Centros Esportivos Francisco Dal Santo (Vila Rami), Aramis Polli (Vila Hortolândia) e na Paróquia Santo Antônio (Anhangabaú) e prossegue na próxima semana também com ação no sistema drive-thru no Parque da Uva.

LEIA TAMBÉM

“É importante lembrar que é a vacinação só é realizada para os idosos que efetuaram o agendamento prévio. O cadastro deve ser realizado nos canais digitais APP Jundiaí ou site da Prefeitura de Jundiaí, dentro dos grupos destinados a receber as doses, seguimos o calendário do Plano Estadual de Imunização (PEI). O agendamento é realizado para que possamos promover organização das doses e evitar que os idosos fiquem em filas de espera por longos períodos”, explica a enfermeira da Vigilância Epidemiológica (VE), Maria do Carmo Possidente.

Aos 68 anos de idade, Darci Moreira Duarte tomou a primeira dose da vacina no CECE Francisco Dal Santo, após o agendamento realizado pela nora. “Estava aguardando a vacina com ansiedade devido à crise que estamos. A organização aqui está ótima, tomei a dose 6 minutos antes do que havia agendado”, elogiou.

Vacinação solidária

Em todos os postos de vacinação, há o ponto para a doação de alimentos não perecíveis para a “Vacinação Solidária”, iniciativa coordenada pelo Fundo Social de Solidariedade (Funss), que reforça a Campanha Permanente, que já era promovida pelo Funss e, com a pandemia, passou a reforçar as demais ações da Prefeitura no combate à doença e seus reflexos socioeconômicos. Também apoiam este trabalho a Rede Jundiaí de Cooperação, vinculada à Unidade de Governo e Finanças (UGGF), e outras Unidades de Gestão da Prefeitura de Jundiaí, bem como a rede Tauste Supermercados, que emprestou carrinhos metálicos para apoio direto nos pontos de vacinação de Jundiaí.

doação

Doações ajudam famílias que não têm condições de comprar alimentos (Foto: Divulgação/PMJ)

Hilda Moraes aproveitou a ida ao posto de vacinação e fez a doação de alimentos para a campanha. “Tem muita gente sem emprego por conta da pandemia, então se podemos amenizar um pouco a dor dessa famílias. A vacina alivia a nossa dor e nós ajudamos essas pessoas”, contou a idosa.

Leia também:

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Saúde & Bem Estar
Comentários estão fechados.

Leia também

‘Já estamos planejando uma intervenção na Via Bahia’, diz ministro

Aviso de Privacidade Sua privacidade é de grande importância para a equipe do Bahia.ba! No…