A taxa de ocupação de leitos de UTI nos hospitais públicos em Jundiaí atingiu, nesta sexta-feira (31), o índice de 55%, o menor registrado no mês de julho. Já nos hospitais privados, essa taxa é de 68%.

Segundo o relatório métrico para o acompanhamento da pandemia do novo coronavírus em Jundiaí, o Hospital São Vicente chegou a registrar a taxa de ocupação em 86% no dia 7 de julho.

A queda também é registrada na ocupação dos leitos com ventiladores mecânicos – utilizados nos pacientes com quadro clínico mais grave -, que está em 24%. No dia 23 de julho, esta taxa chegou a marca de 48%.

Atualmente, os leitos nos hospitais da cidade por Covid-19, entre enfermaria e UTI, registra um total de 163 pessoas, sendo que 47 são residentes de outros municípios. Deste total, 88 leitos são nos hospitais públicos e 75 em hospitais privados.

Leia também:

Óbitos em Jundiaí

Jundiaí registrou mais quatro óbitos por Covid-19 de residentes do município nesta sexta-feira. No total, o município contabiliza 310 vítimas pelo novo coronavírus.

Julho bateu o recorde de mortes por Covid-19 na cidade, desde o início da pandemia. Neste mês, foram contabilizados 113 óbitos, um a mais do que o mês anterior, que registrou 112. Em maio foram 59 e em março, 16.

Recuperados

O município também atingiu a marca de 6.057 recuperados, nesta sexta-feira, com uma taxa de recuperação em 86,15%.

O número de pacientes recuperados também bateu a marca histórica em julho, com 2.764 pessoas que se curaram da doença. Em junho, foram contabilizados 2.363; em maio, 529; abril, 163 e; março, 24.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Saúde & Bem Estar
Comentários estão fechados.

Leia também

Brasileiros desenvolvem teste rápido que antecipa risco de complicações para Covid-19

Um artigo publicado por pesquisadores brasileiros na plataforma científica MedRxiv informa…