O beijo costuma ser uma grande demonstração de carinho entre as pessoas. Talvez muitas pessoas desconheçam os benefícios que um gesto tão simples provoca no organismo.

O carinho é algo importante em todas as idades, pois reforça o elo de amor entre as pessoas, principalmente no caso de crianças, isso é fundamental para o seu bom desenvolvimento.

Uma pesquisa realizada pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos, fez uma revelação interessante sobre os efeitos que o beijo provoca no cérebro de um bebê. A pesquisadora Rebecca Saxe, professora de neurociência cognitiva, realizou o estudo com seu bebê que tinha apenas dois meses na ocasião.

Os pesquisadores fizeram uma ressonância magnética enquanto a mãe e o bebê trocavam carinhos. O resultado surpreendeu os estudiosos que ressaltam o momento mais impressionante da experiência. Os profissionais ficaram chocados com o que ocorreu no momento em que a mãe deu um beijo na criança.

O exame é usado para observar o fluxo de sangue no cérebro das crianças. “Usamos a ressonância magnética para observar o fluxo sanguíneo no cérebro das crianças; lemos as histórias e observamos como a atividade cerebral muda em reação ao ambiente. Ao fazer isso, estamos investigando como as crianças reagem sobre os pensamentos de outras pessoas”, ressaltou a especialista.

Os pontos vermelhos e amarelos na foto, mostram uma grande elevação de oxitocina, que é conhecido popularmente como hormônio do amor, que é despertado com sentimentos de ternura e apego. O beijo também provoca uma reação interessante no cérebro liberando outros hormônios como a dopamina e serotonina.

A pesquisa só reforça o que a maioria dos pais já sabem, a importância de amor e carinho que as crianças necessitam para o bom desenvolvimento.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Saúde & Bem Estar
Comentários estão fechados.

Leia também

Refém após assalto em Viracopos revela conversa com criminosos: ‘Achei que era minha hora’

Assalto em aeroporto de Campinas causa momentos de terror; veja imagens Um serralheiro fei…