O ato de usar o narguilé pode ser o equivalente a fumar mais de 100 cigarros, dependendo do tempo da sessão. Além disso, ele pode fazer o mesmo mal e causar dependência por conter nicotina em sua composição.

O narguilé tem origem oriental e foi difundido em todo o mundo recentemente. No Brasil ele acabou caindo no gosto popular principalmente por causa das essências. Porém, o que muitas pessoas não sabem é que o produto fumado contém tabaco e quando é carburado é prejudicial à saúde como o cigarro.

A doutora Liz Almeida, do Instituto Nacional do Câncer, alerta: “Como qualquer produto do tabaco que é fumado, o narguilé vai produzir na sua combustão todas as 4.700 substâncias tóxicas já conhecidas do cigarro e que sabemos que causam doenças crônicas e cânceres. Dependendo do tamanho do aparelho e da durabilidade da sessão, o ato pode equivaler a fumar mais de 100 cigarros”.

Alguns estudos confirmam que o uso do narguilé estão associados ao desenvolvimento do câncer de pulmão, doenças respiratórias e doenças na gengiva. Se usado por um longo período, pode causar câncer de boca, bexiga, aterosclerose e doença coronariana.

A moda do uso do narguilé se popularizou no Brasil por conta das essências que contém aditivos que mascaram o perigo que há por trás desse hábito.

O uso do narguilé alerta para outro risco, pois ele é a porta de entrada para o vício do cigarro que pode durar por toda a vida e que pode trazer problemas sérios de saúde. Em estudos recentes o narguilé já é um dos produtos preferidos entre adolescentes.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Saúde & Bem Estar
Comentários estão fechados.

Leia também

Passarela desaba e fere duas pessoas na Marginal Tietê

Uma passarela caiu no início da noite desta quinta-feira (14) na pista local da Marginal T…