Lançado em 2019, o aplicativo Rede Azul se tornou uma importante ferramenta de indicação e divulgação de profissionais e serviços preparados para atender autistas. A iniciativa partiu da publicitária Elaine Marucci, que percebeu dificuldade em buscar estas referências quando precisava de algo para uma de suas filhas, que foi diagnosticada com Síndrome de Asperger.

“Até os 12 anos de idade, que foi quando conseguimos que ela fosse diagnosticada corretamente, os médicos diziam que ela tinha uma série de transtornos diferentes e receitavam remédios e tratamentos que não a ajudavam. Após essa fase, iniciamos uma outra luta: a busca por serviços e profissionais adequados para que ela pudesse se desenvolver”, conta a CEO do Rede Azul, Elaine Marques, por meio da assessoria de imprensa.

O app logo se tornou uma referência na Região Metropolitana de Campinas e hoje disponibiliza os serviços em diversos estados, divididos em 14 categorias: escolas, terapia, médicos, estética, estabelecimentos, igrejas, despachantes, esportes, turismo, recreação, cursos extras, capacitações, assistência jurídica e famílias do Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Funciona assim: ao baixar o aplicativo, o cidadão se torna um usuário, e pode buscar pelos serviços que melhor lhe convém. O canal disponibiliza endereço, telefone de contato e as avaliações de quem já usou o serviço.

Caso o interessado também queira se tornar um colaborador – indicando profissionais capacitados para cuidar de autistas – é necessário pedir uma mudança de perfil pelo Instagram. Disponível inicialmente na Play Store, o app já conta com 640 usuários.

A coordenadora técnica de saúde do Espaço Avançar em Indaiatuba, Bárbara Corá, acredita que a iniciativa vai ao encontro do anseio das famílias. “Como o autismo ainda é muito desconhecido pela sociedade, poder estruturar os grupos de serviços por categoria e por tipo de profissional é algo que facilita a vida”, aponta a profissional. O projeto mantido pela Prefeitura atende mais de 200 crianças e adolescentes autistas em atividades escolares e atendimentos de saúde.

Seminário

 A publicitária Elaine Marcucci é uma das convidadas do Seminário Transtorno do Espectro Autista: Olhares, Reflexões e Tendências, promovido pela Escola do Legislativo de Campinas (Elecamp). O evento reunirá profissionais e pesquisadores de diversas áreas de atuação.

O seminário acontece no dia 14 de fevereiro, das 8h20 às 16h, no plenário da Câmara de Campinas, localizada à Avenida Engenheiro Roberto Mange, 66, Ponte Preta. As inscrições podem ser feitas pelo link https://bit.ly/2sQdV4a.

Receba as “Notícias De Indaiatuba’ no Seu WhatsApp Os leitores que solicitarem o serviço gratuito irão receber, direto nos seus aplicativos, as principais notícias do dia. Estar sempre conectado aos aplicativos de mensagens instantâneas, como o WhatsApp, não significa estar desinformado. Com o Notícias de Indaiatuba, você pode receber diariamente as principais notícias do dia no seu celular. Para participar, basta adicionar nos seus contatos o número (19) 98122-4163 e enviar uma mensagem pelo WhatsApp, enviando a palavra “Notícias de Indaiatuba” (quem já é adepto do serviço continuará recebendo as notícias pelo número divulgado anteriormente). O esquema de envio será via lista de transmissão. Isso significa que os leitores que optarem por receber o conteúdo só serão notificados pelo Notícias de Indaiatuba, que administra o grupo.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias
Comentários estão fechados.

Leia também

São Paulo registra maior número de mortes por coronavírus em um dia

O estado de São Paulo registrou 16 mortes por coronavírus neste sábado (28), o maior númer…