Para divulgar a renovação do código de conduta da Uber (e pensando no Carnaval), a marca lançou uma campanha com foco no combate ao “assédio, atos de racismo, LGBTfobia ou qualquer outro tipo de violência“.

Este não é apenas um comunicado. É um posicionamento oficial da Uber. Nenhum tipo de violência deve ser tolerado e acreditamos no respeito como um caminho para segurança. É simples. Ou pelo menos deveria ser“, diz a marca no texto do código.

A campanha veio para reafirmar o compromisso com respeito e segurança dos serviços oferecidos, de modo que se a pessoa comete assédio, atos de racismo, LGBTfobia, faz piadas sobre a cor de pele de alguém ou qualquer outro tipo de violência em viagens feitas por meio da plataforma, a Uber não é para ela.

Tanto no Facebook quanto no Twitter a reação ao novo posicionamento foi dividida, enquanto alguns elogiaram bastante a inciativa, outros tiveram algumas críticas.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Entretenimento
Comentários estão fechados.

Leia também

Plaza Shopping Itu apresenta exposição exclusiva de Fuscas

Foto: Divulgação/Plaza Shopping Itu Em comemoração ao Dia Nacional do Fusca, em 20 de jane…