Quer receber as principais Notícias de Indaiatuba e região pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.

Aos 17 anos e sem obrigação eleitoral, a estudante jundiaiense Camila Coradi Moreira fez questão de participar das eleições de outubro. No início do ano, procurou pelo Cartório Eleitoral e providenciou seu título de eleitor. O objetivo, àquela altura, já era nítido no horizonte da jovem.

Tirei meu título, exclusivamente, pra votar no Bolsonaro”, conta Camila, que é membro atuante de um grupo no WhatsApp batizado de “Mito Presidente”, com aproximadamente 50 participantes. Com a vitória do capitão reformado, surgiu o desejo da moça de acompanhar cada detalhe da posse – bem de perto mesmo.

“Tudo começou comigo, com uma vontade pessoal de ir pra Brasília no dia 1º de janeiro. Depois, minha família acabou aderindo. Foi chegando gente e mais gente. Hoje, acho que umas 300 pessoas de Jundiaí e região deverão partir para a Capital na posse do Boslonaro. Mas foi tudo muito espontâneo, nada combinado.”

Com Camila, seguirão viagem o pai Marcos, a mãe Mônica, o primo Ítalo, o tio Edson e a tia Meire. “A família votou em peso no Bolsonaro, né?!” Eles partem na manhã do dia 31, do aeroporto de Viracopos.

Camila também atua na política local: ela é Jovem Vereadora do Parlamento Jovem de Jundiaí, experiência que, conta, tem sido um aprendizado. “Mas não pretendo seguir carreira, não! Vai depender desse meu estágio.”

Por que Bolsonaro?      

“Primeiro, o que me chamou a atenção em Bolsonaro foi o fato de ele ser favorável ao Escola Sem Partido. Eu mesma vejo nas escolas os professores doutrinadores, já fui vítima! Mudei de escola duas vezes em razão disso”, revela Camila, ao se lembrar das aulas dos ex-professores de Português e História, “claramente inclinadas à doutrinação esquerdista”.

“Bolsonaro também é a favor da família e contra o aborto. Pra mim são os valores principais.” Moradora do Parque do Colégio, Camila achou a votação para o governo do Estado mais “difícil”. Votou em Rodrigo Tavares (PRTB) no primeiro turno. No segundo turno, teve de se contentar com Bolsodória.

Ela está confiante para o futuro. “Espero mesmo que diminua a corrupção, que não dá mais. Outro ponto importante é a segurança pública.”

Família faz o sinal da arma, característica do presidente eleito Família faz o sinal da arma, característica do presidente eleito

Frustração

O técnico em segurança de trabalho, Juliano Tinoco, é um dos organizadores das carreatas pró-Bolsonaro que ocorreram em Jundiaí. É dele também um grupo no WhatsApp batizado de “Bolsonaro Jundiaí”, que já soma mais de 500 interessados para trocar figurinhas sobre o presidente eleito. Sua presença à posse, em Brasília, era tida como certeira, não fosse um recente imprevisto profissional.

“É complicado, viu?! Não vou poder ir à posse por causa do trabalho. Tenho plantão para cumprir no Natal e no Ano Novo. Até saí do grupo… mas acredito que umas 150 pessoas daqui estarão na cerimônia da posse; elas vão seguir de carro, ônibus, vans e algumas até de avião”, enumera. Calcula aproximadamente 12 horas de estrada a viagem de ônibus entre Jundiaí e Brasília. “Vale a pena.”

Para Tinoco, egresso do movimento Vem Pra Rua, restou a alternativa de acompanhar a posse a distância, pela TV e internet. “Me filiei ao PSL logo depois que Bolsonaro se filiou, um pouco antes da campanha. Alguma coisa tem de mudar, né, e tem de começar com a gente.”

Receba as “Notícias De Indaiatuba’ no Seu WhatsApp Os leitores que solicitarem o serviço gratuito irão receber, direto nos seus aplicativos, as principais notícias do dia. Estar sempre conectado aos aplicativos de mensagens instantâneas, como o WhatsApp, não significa estar desinformado. Com o Notícias de Indaiatuba, você pode receber diariamente as principais notícias do dia no seu celular. Para participar, basta adicionar nos seus contatos o número (19) 98122-4163 e enviar uma mensagem pelo WhatsApp, enviando a palavra “Notícias de Indaiatuba” (quem já é adepto do serviço continuará recebendo as notícias pelo número divulgado anteriormente). O esquema de envio será via lista de transmissão. Isso significa que os leitores que optarem por receber o conteúdo só serão notificados pelo Notícias de Indaiatuba, que administra o grupo.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Região
Comentários estão fechados.

Leia também

Ação para vacinar contra a febre amarela acontece sábado em 4 Unidades de Saúde

Notícias Ação para vacinar contra a febre amarela acontece sábado em 4 Unidades de Saúde P…