A Polícia Civil prendeu quatro suspeitos, nesta quinta-feira (6), durante a 4ª fase da operação “Basta de Pedofilia”. A ação foi deflagrada para o cumprimento de mandados de busca em endereços de suspeitos de armazenar e compartilhar arquivos de pornografia infantojuvenil na internet. 

LEIA TAMBÉM

Coordenada pela 4ª Delegacia de Polícia de Repressão à Pedofilia, a ação mobilizou 20 policiais e sete viaturas e contou com a participação de todas as delegacias da Divisão de Proteção à Pessoa do Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP). 

Do total de mandados de busca e apreensão expedidos, três resultaram em prisões em flagrante por armazenamento de pornografia infantojuvenil e um em prisão em flagrante por compartilhamento desse material, em Itu, Santos e na capital paulista. 

Durante as buscas, ainda foram recolhidos computadores, aparelhos celulares, HDs externos, cartões de memória, entre outros materiais eletrônicos que foram encaminhados para a perícia.

Os equipamentos serão submetidos a exames periciais. Caso a perícia comprove a materialidade do delito, o responsável pelo equipamento também poderá ser indiciado. 

 A atuação de campo é resultado do constante trabalho da 4ª Delegacia de Polícia de Repressão à Pedofilia, que, por meio de rondas virtuais, realiza a coleta e a análise de endereços de internet potencialmente utilizados para o armazenamento ou compartilhamento de material pornográfico, envolvendo criança ou adolescente.

Fonte/foto: Polícia Civil/SSP)

Com informações do Jornal de Itu

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Polícia
Comentários estão fechados.

Leia também

Estudo diz que uso de óculos reduz o risco de contágio do novo coronavírus

Usar óculos diariamente pode reduzir o risco de contrair o novo coronavírus. De acordo com…