O número de denúncias de casos de aglomeração em Jundiaí cresceu de forma surpreendente nos primeiros três meses deste ano. No momento em que o contágio do novo coronavírus é mais veloz e mais letal, o município registrou 720 ocorrências deste tipo pela Guarda Municipal (GMJ), de 1º de janeiro até 30 de março de 2021.

Isso representa 76% de todas as denúncias atendidas pela corporação em todo o período de pandemia do ano passado – 950 de 30 de março a 31 de dezembro.

LEIA TAMBÉM

Os dados são da própria GMJ e foram consolidados na terça (30). Nesse dia, inclusive, as UTIs de Jundiaí chegaram a 97% de ocupação em leitos públicos e 91% em privados. Após um aumento exponencial de casos da doença, nas últimas semanas, a cidade chega a 525 leitos apenas para pacientes Covid.

Devido ao momento crítico, a Guarda Municipal e as demais forças de segurança apertaram o cerco contra aglomerações na cidade, além da instalação de blitz educativas em avenidas e locais de grande movimento. O trabalho vem sendo desempenhado por uma fiscalização integrada que também conta com Polícia Militar, Fiscalização do Trânsito, Fiscalização do Comércio e Procon. Os casos de aglomeração são atendidos após denúncias no telefone 153 e no APP Jundiaí.

Risco máximo

“Não é razoável que, em um momento como esse, com uma nova variante do coronavírus, as pessoas ainda se aglomerem e ofereçam risco de contaminação às outras”, explica o gestor de Governo e Finanças da Prefeitura de Jundiaí, José Antonio Parimoschi.

PM GM

União das forças de segurança visa coibir abusos na cidade (Foto: Divulgação/PM)

“Estamos no meio de uma guerra, contra um vírus que se multiplica de forma exponencial e muito rápida. De nossa parte, estamos executando nosso plano de contingência em saúde e fazendo todos os esforços para evitar que o sistema de saúde do município sature e para que todos que precisem de um leito hospitalar ou de uma UTI, nos casos mais graves da doença, não fiquem sem respaldo. Essa é a determinação do prefeito Luiz Fernando”, completou.

Leia também:

“Ao lado de diferentes setores da Prefeitura, estamos levando orientações de medidas sanitárias aos quatro cantos da cidade, tudo isso para proteger a população”, declara o comandante da GM, Benedito Marcos Moreno. “Nosso contato é sempre feito na base do diálogo, orientando as pessoas para que cumpram os protocolos sanitários.”

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Destaque
Comentários estão fechados.

Leia também

UFE Coco anuncia linha para lavagem de roupas em parceria com a Jogê

UFE Coco anuncia linha para lavagem de roupas em parceria com a Jogê Por Alana Santos Com …