Quer receber as principais Notícias de Indaiatuba pelo Whatsapp?
Inscreva-se agora.
Para participar, basta adicionar nos seus contatos o número (19) 98122-4163 e enviar uma mensagem pelo WhatsApp

Um menino de 13 anos morreu depois de ser arrastado pela enxurrada causada pela chuva de segunda-feira (13) no Parque Marechal Rondon, em Salto (SP).

Conforme a TV TEM apurou, o garoto estava brincando na rua quando começou a chover forte na cidade, por volta das 14h30. O pai da criança contou que ela resolveu voltar para casa quando a chuva ficou mais intensa.

Segundo moradores, o bairro não tem galerias pluviais e, por isso, quando chove, a enxurrada é forte.

Ainda de acordo com a apuração da TV TEM, quando o menino foi passar pela enxurrada, deslizou e caiu. A criança ficou presa embaixo de um carro que estava estacionado na rua.

O menino foi resgatado por vizinhos e moradores e levado pela família até o Hospital São Camilo em estado grave, mas não resistiu e morreu logo depois.

*Com informações de Carina Rocco, da TV TEM.

Receba as “Notícias De Indaiatuba’ no Seu WhatsApp Os leitores que solicitarem o serviço gratuito irão receber, direto nos seus aplicativos, as principais notícias do dia. Estar sempre conectado aos aplicativos de mensagens instantâneas, como o WhatsApp, não significa estar desinformado. Com o Notícias de Indaiatuba, você pode receber diariamente as principais notícias do dia no seu celular. Para participar, basta adicionar nos seus contatos o número (19) 98122-4163 e enviar uma mensagem pelo WhatsApp, enviando a palavra “Notícias de Indaiatuba” (quem já é adepto do serviço continuará recebendo as notícias pelo número divulgado anteriormente). O esquema de envio será via lista de transmissão. Isso significa que os leitores que optarem por receber o conteúdo só serão notificados pelo Notícias de Indaiatuba, que administra o grupo.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Região
Comentários estão fechados.

Leia também

Luiza Trajano é eleita Pessoa do Ano pela Câmara de Comércio Brasil-EUA

Entrevista A PF deixou bem claro “que não cometi nenhum crime, muito pelo contrário&…