Na próxima terça-feira (21) a partir das 19h40 no Shopping Jaraguá Indaiatuba, o projeto “Assista Mulheres” do Topázio Cinemas exibe o longa-metragem Uma Mulher Alta (drama – 16 anos – 137 min.) do diretor russo Kantemir Balagov (Tesnota). O ingresso para a sessão tem valor único de R$ 10,00 por pessoa.
O filme se passa na Leningrado de 1945. Iya e Masha são duas jovens mulheres em busca de esperança e significado em meios aos destroços deixados na Rússia após a Segunda Guerra Mundial. O cerco de Leningrado, um dos mais brutais da história, chegou ao fim, mas reconstruir suas vidas permanece uma situação permeada por morte e trauma.
A obra é livremente inspirada no livro A Guerra Não Tem Rosto de Mulher, da escritora vencedora do Nobel de Literatura Svetlana Aleksiévitch. Além de ter sido a indicação da Rússia na corrida pelo Oscar 2020 de Melhor Filme Estrangeiro, ganhou o Prêmio da Crítica no Um Certain Regard do Festival de Cannes em 2019.

Foto: Reprodução

Receba as “Notícias De Indaiatuba’ no Seu WhatsApp Os leitores que solicitarem o serviço gratuito irão receber, direto nos seus aplicativos, as principais notícias do dia. Estar sempre conectado aos aplicativos de mensagens instantâneas, como o WhatsApp, não significa estar desinformado. Com o Notícias de Indaiatuba, você pode receber diariamente as principais notícias do dia no seu celular. Para participar, basta adicionar nos seus contatos o número (19) 98122-4163 e enviar uma mensagem pelo WhatsApp, enviando a palavra “Notícias de Indaiatuba” (quem já é adepto do serviço continuará recebendo as notícias pelo número divulgado anteriormente). O esquema de envio será via lista de transmissão. Isso significa que os leitores que optarem por receber o conteúdo só serão notificados pelo Notícias de Indaiatuba, que administra o grupo.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Cinema
Comentários estão fechados.

Leia também

Vídeo impressionante mostra preguiça dando à luz nas alturas

Vídeo raro mostra nascimento de preguiça na copa de árvore “Não é todo dia que se vê o nas…