Etecs e Fatecs fazem plantões remoto sob a supervisão de professores e as perguntas podem ser enviadas até o fim de junho

LEIA TAMBÉM

O prazo para entrega da declaração de Imposto de Renda 2020 termina em 30 de junho e os contribuintes que ainda não acertaram as contas precisam acelerar o passo para cumprir o prazo e ficar em dia com a Receita Federal. Para esclarecer dúvidas no preenchimento do documento de ajustes anual, as Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais continuam com o serviço de plantão remoto e gratuito até o fim do mês.

O atendimento para esclarecimento de dúvidas é feito de forma voluntária, todos os anos, nas unidades do Centro Paula Souza (CPS). O serviço é realizado nas próprias escolas e, neste ano, por causa do isolamento social, o plantão ocorre à distância. Conheça as unidades do Centro Paula Souza que oferecem plantões remotos para esclarecimento de dúvidas, no site da instituição.

A iniciativa é uma oportunidade para os alunos colocarem em prática o conhecimento adquirido em sala de aula. Para a professora do curso de Contabilidade da Etec Fernando Prestes, de Sorocaba, Benedita Faria, além de agregar experiência, a ação tem muito valor como prestação de serviços. “É um projeto que concilia a demanda dos alunos por uma vivência profissional com a necessidade dos cidadãos por informações técnicas”, ressalta.

Junto com os professores Carlos Almeida, Carlos Corrá e Jovil Franco, a educadora coordena uma equipe com cinco alunos dos cursos técnicos de Contabilidade e Finanças que se revezam nos plantões de segunda a sexta-feira.

Novidades em 2020

A contabilista e coordenadora de projetos do CPS, Janaína Dourado, reuniu algumas dicas para facilitar o preenchimento da declaração. Confira as recomendações da especialista e a relação das unidades que estão fazendo plantões:

– Atenção à data de entrega da declaração de ajustes anual. O prazo não deve ser prorrogado de novo;

– A partir deste ano, o contribuinte não precisa informar o número do recibo da última declaração;

– A declaração é obrigatória para quem recebeu a média de R$ 2.379,97 por mês ou mais de R$ 28.559,70 no ano;

– Quem não entregar no prazo é multado em R$ 165,74, valor mínimo da penalidade, podendo chegar a 20% do valor do imposto devido;

– Guarde os comprovantes de despesas declaradas por cinco anos. Esse é o período que a Receita estipula para a malha fina;

– O cronograma para restituição e pagamento de imposto devido foi alterado este ano. O primeiro lote de restituição foi pago no dia 29 de maio. Outros quatro lotes serão pagos até o fim de setembro. O vencimento da cota única do imposto ou da primeira parcela é dia 30 de junho.

Fonte: Governo de SP

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias
Comentários estão fechados.

Leia também

MRV está com oportunidade(s) para Supervisor de Contas – v2111260

Descrição Você atuará na área Comercial como Supervisor de Contas IMOB, sendo responsável …