Connect with us

Entretenimento

No meio da tempestade de areia em Campo Grande: o pior voo da minha vida!

Artigo

em

Após praticamente 18 meses sem viajar por conta da pandemia de Covid-19, ao ver uma perspectiva mais otimista no país e a vacinação avançando nas principais regiões do Brasil, eu e minha família decidimos fazer uma viagem de férias ao Pantanal sul-matogrossense.

Pessoalmente acho o Pantanal uma região fantástica do nosso país, e que apesar de ter tido suas matas extremamente exploradas nas últimas décadas, ainda guarda um tesouro natural incrível.

LEIA TAMBÉM

Bem, decidimos passar sete dias no Pantanal, saindo de Viracopos (VCP) e chegando por Campo Grande (CGR), capital do Mato Grosso do Sul.

Esse trecho é de um voo relativamente curto, 1h30min, sem escalas ou conexões, muito prático para mim, pois moro ao lado do aeroporto de Viracopos.

Para quem não está familiarizado, a região do Pantanal é praticamente composta de duas principais estações do ano, a seca e a cheia, que é quando chove muito e toda a planície inunda. Essa informação é importante para explicar adiante o que houve.

Todos os dias que estivemos por lá foram incríveis, mesmo no ápice da seca a região pantaneira reúne uma quantidade inacreditável de animais, de todos os tipos, tamanhos e espécies, e que nessa época procuram os pequenos açudes ainda existentes para se hidratarem.

Durante os 7 dias passamos por fazendas e pousadas das regiões de Campo Grande, Aquidauana, Miranda e Corumbá, todas elas percorridas de carro através da BR-262, com muito sol e temperaturas altas.

Voo de volta

A saga da volta teve início na quinta-feira (14/10). No dia do nosso retorno para Campinas (VCP) fizemos todo o procedimento de check-in e despacho de malas no aeroporto de Campo Grande. Embarcamos no Embraer E-195 da Azul (AD4285) por volta das 18 horas e aguardamos a decolagem. Após 2 horas aguardando a decolagem, por conta de testes mecânicos, o voo foi cancelado por questões de segurança. A volta foi adiada para o dia seguinte.

Desembarcamos desanimados, afinal ninguém gosta ou quer ter um voo cancelado, mas a equipe da Azul prontamente nos colocou no voo do dia seguinte às 14h40 e nos direcionou para um hotel próximo do aeroporto.

No dia seguinte, sexta-feira – dia do voo, estava bastante calor e o céu completamente limpo. Depois do nosso almoço partimos para o Aeroporto, despachamos nossas malas e fizemos o embarque no voo AD 4536, novamente em um Embraer E-195.

Eu e minha esposa nos sentamos no assento de emergência, tenho 1,88m de altura, portanto, estava muito bem acomodado. Logo que nos acomodamos, ficamos vendo as fotos e vídeos que havíamos feito durante a viagem com o celular, inclusive a memória do meu aparelho estava lotada por conta dos materiais.

A tempestade de areia

Se me recordo bem o voo saiu pontualmente às 14h40. Nunca tive medo nenhum de viajar de avião, muito pelo contrário, sempre achei incrível a experiência de estar dentro de um avião, independente do modelo.

Logo no primeiro minuto da decolagem, olhamos pela janela e vimos uma poeira vermelha que eu nunca tinha visto da janela de um avião. Ao mesmo tempo que era assustador, eu estava achando aquilo sensacional. Tentei tirar foto ou filmar, mas meu cartão de memória estava completamente lotado, então pedi para minha esposa tirar uma foto.

Até ali estava tudo tranquilo, era apenas uma experiência diferente. Supus que se tratava de uma nuvem de poeira, que inclusive ocorre com certa frequência no interior quando o tempo está muito seco. Imaginei que mais alguns segundos tomaríamos altitude e veríamos o céu limpo, certo? Errado!

A nuvem de poeira vermelha não sumia, não víamos o chão, não víamos o sol, não víamos absolutamente nada do lado de fora da aeronave, a não ser a asa do avião se “contorcendo” enquanto ele balançava intensamente.

A partir desse momento a turbulência começou a ficar cada vez mais intensa. Tenho 36 anos de idade e já tive a oportunidade de fazer alguns voos na vida pelo Brasil e pelo mundo, mas nada, absolutamente nada, se comparava com o que estávamos passando naquele momento.

Passageiros passando mal

Com o passar do tempo, os passageiros, me incluo nessa, começaram a passar mal e alguns chegaram a vomitar no chão da aeronave (não havia saquinhos de vômito nos assentos), levantando um cheiro bastante desagradável. Consegui me controlar, liguei o vento de ar-condicionado no máximo e joguei nas minhas costas. Nessa hora eu suava como se tivesse corrido uma maratona, imagino que por conta de uma mistura de medo e adrenalina.

Vídeo feito pela psicóloga Cris Duarte e divulgado pelo Campo Grande News

10 minutos se passaram, o avião continuava numa turbulência absurda e visibilidade ainda nula. Enquanto alguns passageiros gritavam, outros rezavam, outros seguravam terços. Eu tentava me manter calmo, confesso que foi bem difícil, e pensar da forma mais racional possível. Parecia que conseguia ouvir o Lito (do Aviões e Músicas) sussurrar no meu ouvido: “turbulência não derruba avião, turbulência não derruba avião”.

Com 25 minutos de voo, que pareceram ser 5 horas, a comandante comunicou que o avião passava por uma turbulência muito severa, tudo estava sob controle  mas que estavam desviando e estavam fazendo o possível para manter todos em segurança.

Fim da tempestade

O voo, que teria 1h30 de duração, só foi ficar calmo de fato na aproximação de Campinas, faltando aproximadamente 30 minutos para o pouso. Foi quando conseguimos voltar a enxergar o horizonte e o chão. Posso dizer que poucas vezes fiquei tão feliz de conseguir ver as nuvens e as cidades do alto de um avião.

Quem acompanhou os noticiários deve ter visto que nesse dia Campo Grande enfrentou uma tempestade de areia muito forte, como há anos não se via. Em muitos lugares diziam que o dia virou noite e estar dentro de um avião nessas horas não é uma das coisas mais confortáveis do mundo.

Lembra que no começo do artigo citei a grande seca do Pantanal? Bem, com a chegada das primeiras chuvas após a longa estiagem, os ventos frios e quentes se encontram e geram essas grandes tempestades de areia.

Inclusive, durante o desembarque da aeronave conversei rapidamente com a comandante do voo e ela me reforçou que nessa época, sempre que possível, recomendável evitar viajar no período da tarde, onde esse fenômeno costuma acontecer.

Em resumo, tudo deu certo, todos estão bem, não houve feridos, apenas o susto e mais uma história de aviação para contar para os amigos.

E você, já passou por algo assim? Qual o pior voo que teve em sua vida? Conta pra gente nos comentários!

Entretenimento

PicPay estreia “Desacostuma” com Iza no BBB 22

Artigo

em

Por

LEIA TAMBÉM

PicPay estreia “Desacostuma” com Iza no BBB 22

Você com certeza já passou por um perrengue na hora de fazer um pagamento. Quem nunca esqueceu a carteira? Filas, burocracias e taxas são alguns outros exemplos que atrapalham nosso dia a dia, muitas vezes sem que a gente perceba.

Esse é o tema da nova campanha do PicPay, lançada nesta segunda-feira, 17. As peças revelam as dificuldades na hora de pagar e que podem ser superadas com o PicPay. Ao mesmo tempo, a campanha “Desacostuma” exalta como essas mesmas pessoas ganham mais ao usar o app, seja em praticidade, tempo, dinheiro de volta, descontos, segurança OU novas formas de vender.

Para isso, a ação busca mostrar pessoas em situações cotidianas e, mais uma vez, traz a imagem da cantora Iza, embaixadora da marca. Confira o vídeo da campanha:

A ação foi desenvolvida internamente pelo PicPay. Com um crescimento de 80% no número de clientes no último ano, o aplicativo pretende refletir um novo momento do seu negócio e gerar consideração e diferenciação para sua marca. As inserções do PicPay no BBB seguirão o mesmo mote da campanha.

Com informações Publicitários Criativos

Continue lendo

Entretenimento

Cerveja Sol lança rótulo que revela mensagens quando expostas à luz solar

Artigo

em

Por

LEIA TAMBÉM

Cerveja Sol lança rótulo que revela mensagens quando expostas à luz solar

A cerveja Sol, que desde novembro de 2021 tem produção nacional abastecida com energia de fonte solar, ganha efeitos especiais em sua nova garrafa. 

A embalagem, que já tinha a inscrição “produzida com energia solar”, agora revela mensagens quando expostas à luz do sol, graças a uma tinta especial aplicada diretamente na garrafa de vidro.

A iniciativa reforça o posicionamento da marca, Taste the Sun, que propõe conectar as pessoas à energia positiva do Sol em todos os sentidos. O astro-rei é o coração da Sol: está no nome, na herança mexicana, na cor dourada da bebida e agora no seu processo de fabricação.

Com informações Publicitários Criativos

Continue lendo

Destaque

Apenas 27 mil pontos: TudoAzul tem voos de Campinas para Miami e Orlando

Artigo

em

Por

O TudoAzul está com boas tarifas nas passagens aéreas para viajar com pontos para Orlando e Fort Lauderdale, nos Estados Unidos. Encontramos trechos saindo de Campinas e de mais cidades brasileiras a partir de 27.200 pontos mais taxas para viajar no fim de janeiro, em fevereiro, março e em junho. É possível encontrar tanto na ida quanto na volta.

Os menores valores são para clientes Diamante viajarem para Fort Lauderdale, mas há opções para todos a partir de apenas 32.000 pontos. Vale a pena pesquisar, já que os preços variam bastante conforme a data selecionada.

LEIA TAMBÉM

Voos baratos com pontos TudoAzul para os Estados Unidos

Confira algumas opções que encontramos:

Quem tiver status no programa vale a pena pesquisar logado para visualizar as tarifas com desconto. Lembrando que pelo app não há cobrança de taxa de resgate para clientes Diamante.

Continue lendo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Destaque

DestaqueAtualizado há 56 minutos

Homem mata esposa, sogra e filha de 3 anos com golpes de pá

Um homem matou a esposa, sogra e a filha de 3 anos  com golpes de pá  em Campinas. Ele foi preso...

DestaqueAtualizado há 3 horas

Recém-nascido morre após ser atacado por pitbull enquanto dormia

Um recém-nascido de 21 dias morreu após ser atacado por pit bull na tarde desta segunda-feira (17). O caso aconteceu...

BrasilAtualizado há 12 horas

Pela terceira vez Luciano Szafir testa positivo para Covid

Pela terceira vez, o ator Luciano Szafir testou positivo para Covid-19. Da última vez, Szafir ficou internado por pouco mais...

DestaqueAtualizado há 13 horas

🙏Boa Notícia: Bebê que está na UTI apresenta melhoras em Indaiatuba

O bebê de onze meses que sofreu uma queda acidental e bateu a cabeça no último dia (04) de Janeiro,...

DestaqueAtualizado há 13 horas

Mercedes Benz abre processo seletivo pela internet para trabalho e estágio em Campinas

Você já pensou em uma empresa que se preocupa em construir o futuro da mobilidade segura e sustentável, para todos que movem o mundo?  Você se identifica...

DestaqueAtualizado há 21 horas

Honda abre inscrições para seu programa de empregos

As inscrições nos processos seletivos de 2022 são válidas de 13/jan a 07/fev, para trabalho nas cidades de Sumaré, Indaiatuba...

DestaqueAtualizado há 23 horas

Indaiatuba está com 191 oportunidades de emprego nesta segunda-feira

A maioria das oportunidades são para Rede de Supermercados e tem como pré-requisito o Ensino Médio completo Devido ao grande...

DestaqueAtualizado há 1 dia

Multinacional Toyota abre inscrições para empregos na área de produção em Indaiatuba

Vagas de emprego novas para Industria Toyota em Indaiatuba. Profissional atuará na área de produção. O começo do ano pode apresentar boas oportunidades...

DestaqueAtualizado há 1 dia

Familiares, amigos e população fazem corrente de oração em volta de hospital em Indaiatuba

Família pede orações para bebê que está internado na UTI em estado grave em Indaiatuba Imagens de pessoas reunidas rezando...

DestaqueAtualizado há 2 dias

Apenas 27 mil pontos: TudoAzul tem voos de Campinas para Miami e Orlando

O TudoAzul está com boas tarifas nas passagens aéreas para viajar com pontos para Orlando e Fort Lauderdale, nos Estados Unidos....

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

TAGS

+ VISTOS