Participe do nosso grupo e tenha um currículo capaz de atrair 5X mais entrevistas

Só no estado de São Paulo o número de casos de sarampo já cresceu quase 40% e isto é em relação à semana passada, ou seja, se levarmos em consideração o último mês, a situação é ainda mais alarmante. A Secretaria Estadual de Saúde divulgou na noite desta última terça-feira (20), um balanço mostrando que já foram registrados mais de 1.700 novos casos, sendo que até o dia 16 de agora eram 1.319 ocorrências.

Na capital paulista encontram-se 73% das pessoas com a doença que continua se espalhando, pois o último balanço da secretaria apontava que a cidade tinha 997 casos, mas agora já são mais de 1.300.

O vírus do sarampo já se espalhou por outros municípios da Grande São Paulo, por exemplo, em Guarulhos já são 56 casos confirmados, em Santo André são 47 e em São Bernardo do Campo tem 35 pessoas com a doença, sem contar em outras cidades.

Mais de 70 cidades paulistas estão realizando uma ação de vacinação em crianças com idade entre 6 meses e 1 ano, mas a secretaria já avisou que esta dose extra da vacina não será incluída no calendário nacional de vacinação.

Os pais podem tentar prevenir e não levar os filhos a locais fechados, quando possível, porém, a melhor forma de garantir a saúde do filho é levando-o para vacinar, afinal a criança precisa ir à escola, brincar com os coleguinhas e ir a outros locais públicos.

O sarampo é uma doença infecciosa aguda e pode ser transmitida pela tosse, o espirro e até mesmo a fala. Entre os principais sintomas estão a dor de cabeça, febre alta, manchas vermelhas por todo corpo, além de tosse e coriza. Ao menor sinal de suspeita, um médico deve ser procurado imediatamente.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Saúde & Bem Estar
Comentários estão fechados.

Leia também

Feira da Primavera chega ao Parque Mall com variedades de produtos

Feira da Primavera com entrada gratuita ocorre nos dias 25, 26 e 27 de setembro com 30 exp…